Tesouro Direto: Como usar na aposentadoria?

Tesouro Direto: Como usar na aposentadoria?

O momento de se aposentar, embora muito aguardado, também causa certo receio na maioria das pessoas, ainda mais agora com as mudanças previstas pela reforma da Previdência.

O fato de não saber ao certo quando será possível se aposentar, e a incerteza de que o valor recebido será suficiente para manter o padrão de vida adquirido ao longo dos anos, faz com que muitos profissionais busquem outras alternativas para se preparar para se esse momento.

Umas dessas alternativas é o investimento em Títulos públicos, do Tesouro Direto. Confira a seguir o que é e como ele pode ser utilizado na aposentadoria.

O que é o Tesouro Direto?

Em resumo, o tesouro direto é um programa de negociação de títulos públicos para pessoas físicas. Seu funcionamento é muito simples e a negociação é feita pela internet. Ao comprar um título, é como se você emprestasse essa quantia de dinheiro ao governo. Após o vencimento do título, o comprador pode reaver o investimento com os juros devidos, e também há a possibilidade de resgatar o dinheiro antes mesmo do vencimento.

Tipos de título do Tesouro Direto

Tesouro Prefixado – Ao adquirir esse tipo de título, o comprador já sabe qual é a taxa de juros que será utilizada na hora de reaver o investimento, isso porque a taxa será fixada no momento da compra. É bom investir nesse tipo de título em períodos de alta na taxa de juros.

Tesouro Selic – Esse tipo de título depende da variação diária da taxa Selic. Por isso, antes de adquiri-lo, é necessário observar o cenário, pois ele é mais rentável quando há a possibilidade de a taxa Selic subir ou se manter alta. Por outro lado, é melhor tipo de título para aqueles que podem precisar resgatar o dinheiro antes do vencimento.

Tesouro IPCA + - Esse tipo de título é bastante semelhante ao Tesouro Selic. Está atrelado ao IPCA, que é um índice que mede a inflação e apresenta variações todos os meses. O melhor momento para investir nesse tipo de título é aqueles períodos em que se sabe que a inflação vai aumentar.

Como utilizar o tesouro direto na aposentadoria?

Para quem pretende investir no tesouro direto para garantir a aposentadoria, o ideal é começar cedo. O tipo de título mais indicado para esse fim é o Tesouro IPCA +, pois seu prazo de vencimento é mais longo e sua rentabilidade está sempre acima da inflação.

Mas a escolha do tipo de título para investir precisa levar em conta alguns fatores, como a idade com a qual deseja se aposentar e se você pode vir a precisar resgatar o investimento antes do vencimento, por exemplo.

Quanto investir para utilizar o Tesouro Direto na aposentadoria?

O valor investido para usufruir de uma boa aposentadoria varia muito e irá depender da idade que a pessoa inicia o investimento, quando pretende resgatar o valor e também o estilo de vida que mantem. O próprio site do Tesouro possui uma ferramenta de simulação que ajuda a ter uma ideia de quanto se poderá lucrar.

Tesouro direto vs poupança

Vale lembrar que investir no Tesouro Direto para utilizar na aposentadoria vale mais a pena do que guardar o dinheiro em uma conta poupança. Primeiro porque o risco é menor. O banco pode falir, já o país todo é mais difícil.

Também tem a questão da rentabilidade. O Tesouro Direto rende muito mais do que a poupança. E, por fim, a possibilidade de mexer no dinheiro. Na poupança, isso significa perder, já com o Tesouro Direto você pode fazer isso e ainda sim lucrar.

Gostou de nossas dicas e quer saber mais? Acesse o nosso site!

Quer saber mais sobre o Tesouro Selic? Clique aqui e saiba mais!