O que todo MEI precisa saber para controlar suas finanças!

O que todo MEI precisa saber para controlar suas finanças!

O microempreendedor individual acaba lidando com menos vulto de capital, já que tem limite para faturar até R$ 60.000,00 por ano e não pode apresentar participação em outra empresa, como sócio ou titular. Porém, existem princípios universais de controle financeiro empresarial, que devem ser seguidos por qualquer gestor ou dono de negócio, independente do seu tamanho ou faturamento. Uma vez que o MEI trabalha por conta própria e é mais independente em sua atuação no mercado, torna-se bastante conveniente que ele preste muita atenção à sua gestão financeira. Então, o que um MEI precisa saber para ter um ótimo controle sobre suas finanças?

Tenha um plano de negócios

Não basta apenas ter uma visão empreendedora, mas deve-se entender como você pode fazer com que seu negócio cresça. Mesmo que você já esteja em operação no mercado e formalize o seu negócio através da categoria jurídica do MEI, vale a pena elaborar um mapa estratégico do seu negócio. Assim, você vai saber os pontos fortes e fracos do seu empreendimento, onde se deseja chegar e como fazer isso acontecer. O controle será muito maior, e vai-se deparar com os recursos que já se possui e aqueles que serão necessários para se expandir o negócio, tudo neste plano elaborado com cuidado.

Faça um controle preciso do fluxo de caixa

Registrar as despesas e receitas da empresa é uma das medidas básicas para manter um ótimo controle das finanças, e para que isso seja feito da maneira correta é preciso criar o hábito de fazer lançamentos constantes de tudo o que tem a receber e tudo o que tem a pagar. As saídas e entradas financeiras devem ser detalhadas com os valores e datas respectivas, dessa forma você terá uma ideia exata sobre a saúde financeira de seu negócio, se existe necessidade para pegar empréstimos, onde investir seu capital, abastecer o estoque, além de cumprir com suas obrigações dentro do prazo.

Elimine despesas desnecessárias

Ao verificar a diferença que existe entre as despesas mensais e suas receitas, o MEI entenderá se está gastando muito ou se suas saídas financeiras não comprometem o bom funcionamento do negócio. É uma regra básica das Finanças não gastar mais do que se consome. Só que este controle, além disso, vai permitir que o MEI avalie se há despesas que possam ser cortadas, de modo que sobre mais capital no final de cada mês e existam maiores possibilidades de aplicar o lucro do negócio no próprio empreendimento ou em outros investimentos que se ambicione fazer. Outro fator positivo desta conduta é que o MEI vai fazer menos lançamentos na parte de despesas de seu controle financeiro, e com isso será mais fácil cumprir as obrigações que são de fato relevantes e também facilitar o controle das despesas de seu negócio.

Use um software on-line

Se o MEI automatizar o controle financeiro de seu empreendimento, além de suprimir diversos erros de lançamento que pode cometer ao fazer o processo à mão ou até mesmo em uma planilha, terá acesso facilitado aos seus registros sempre que quiser, além de relatórios e consultas de saldos automáticas. O MEI vai criar o hábito de fazer seu controle financeiro com um software, e com isso otimizar muito o controle e a verificação de seu fluxo de caixa e da saúde financeira do negócio. Vale ressaltar que utilização de um software de controle financeiro desde a fase inicial, irá permitir uma avaliação da evolução do seu negócio de forma rápida e eficaz, além de ser um grande facilitador no momento de crescimento onde o MEI decidi evoluir seu negócio para uma micro ou pequena empresa. Se você não conhece nenhum software de controle financeiro, clique aqui e leia o post que fizemos para ajudar a você escolher um software de controle financeiro para o seu negócio.

Manter um controle financeiro apropriado não só pode aumentar as chances do negócio crescer, mas vai fazer com que o MEI entenda melhor como está seu empreendimento e o que deve fazer em cada situação de mercado. Gostou das nossas dicas? Deixe seu comentário abaixo.