Entenda como os juros baixos podem afetar a sua poupança

Entenda como os juros baixos podem afetar a sua poupança

As taxas de juros afetam as pessoas em muitas áreas, da evolução das parcelas de um empréstimo bancário à quantidade de investimento que o país recebe em um determinado período. Mas a poupança é, possivelmente, a face mais visível da relação entre as taxas de juros e a vida financeira dos brasileiros.

Dentre os investimentos mais comuns, a poupança ainda é a opção preferida de grande parte dos brasileiros. Um dos motivos para isso é o fato de que esta é uma aplicação simples de ser entendida, além de calcular quanto o seu dinheiro vai render na poupança.

O que são as taxas de juros?

As taxas de juros são o custo do empréstimo de dinheiro. É o retorno do serviço e uma compensação antecipada do risco de emprestar dinheiro. Quando você deposita seu dinheiro em uma conta bancária, geralmente, você quer algum tipo de retorno. Sem taxas de juros, os indivíduos não seriam capazes de emprestar dinheiro e teriam menos razões para economizar.

Um exemplo seria quando você compra sua casa. Você está pedindo dinheiro emprestado para a aquisição e o banco precisa de algum tipo de retorno, então cobra uma taxa de juros (já que eles estão lhe dando um serviço e há o risco de inadimplência).

Como as taxas de juros afetam seus rendimentos?

As taxas de juros afetam muitas áreas da economia e da vida financeira do brasileiro, como por exemplo:

• mercado de ações;

• investimentos;

• aposentadorias;

• poupanças;

• compras a crédito;

• empréstimos.

As taxas de juros afetam o mercado de ações, o que pode desempenhar um grande papel no dinheiro que você é capaz de ganhar com investimentos.

As taxas de juros e o mercado de ações se movem em direções opostas:

a) Se as taxas de juros aumentarem, os indivíduos terão maior probabilidade de economizar em ativos menos arriscados. Quando as taxas de juros sobem, você não tem que investir tanto, porque obtém um rendimento maior em seus fundos e não procura aumentar o risco.

b) No entanto, se as taxas de juros caírem, os indivíduos estarão mais propensos a investir no mercado de ações, pois acreditam que seu retorno no mercado de ações será maior. Além disso, quando as taxas de juros diminuem, os indivíduos são forçados a separar mais dinheiro para que possam manter os seus ganhos a longo prazo.

Como a poupança é afetada pelos juros?

Por ter taxas de retorno baixas, muitas vezes menores que a inflação, a poupança não é o investimento mais recomendado. No entanto, se você usa a sua conta poupança apenas como um fundo de emergência ou está economizando um dinheirinho para o futuro dos seus filhos, cada centavo conta.

O maior problema é que a poupança tende a reduzir o rendimento quando as taxas de juros estão baixas. Se as taxas de juros do país (Selic) são baixas, os indivíduos são mais propensos a gastar o dinheiro da poupança, porque eles recebem um retorno muito pequeno sobre o dinheiro investido.

Quais são os riscos da Inflação para a minha poupança?

Há também, é claro, riscos inflacionários com o seu dinheiro. Se a sua taxa de juros é menor do que a inflação, então você estará perdendo dinheiro, devido ao valor do dinheiro no tempo.

Então, se sua taxa de juros é de 2% e a inflação é de 3%, no longo prazo, você estará perdendo dinheiro.

E aí, gostou do artigo? Então não perca tempo e leia outro artigo do nosso blog!