Você já ouviu falar em Cadastro Positivo?

Você já ouviu falar em Cadastro Positivo?

O assunto inadimplência, dívidas e financiamentos pode ser um terror para muitas pessoas. Empresas como SPC e Serasa causam desconforto em muitos brasileiros que gostam de usar o cartão de crédito.

Mas, olhando para o outro lado do espectro, temos aquelas pessoas que sempre pagam todas as coisas em dia, que não deixam nada atrasar e que tem um ótimo histórico de financiamentos. Você sabia que existe um banco de dados com essas pessoas também? Confira aqui um pouco mais sobre o Cadastro Positivo.

O que é o Cadastro Positivo?

Implantado em 2013 no Brasil, o Cadastro Positivo é uma lista de bons pagadores, um banco de dados que fica à disposição de instituições privadas. Ele ajuda a comprovar a boa reputação da pessoa na hora que ela precisa solicitar algum tipo de serviço, ou até mesmo aquelas pessoas que não tem como comprovar renda, mas que ainda assim pagam todas suas contas em dia.

Que tipos de instituições têm acesso a lista?

Assim como o cadastro de maus pagadores, quem tem acesso a ele são instituições de crédito como o SPC Brasil e o SERASA. Como a maioria das empresas de crédito lidam com muitos riscos na hora de aprovar transações, lidar com taxas e juros e fornecimento de crédito, o Cadastro Positivo é um reforço para aquela pessoa que é um bom consumidor.

De acordo com o que estiver lá, a empresa irá notar que aquela pessoa é um bom cliente em potencial devido ao seu ótimo histórico, contribuindo muitas vezes em ofertas de crédito maiores e mais adequadas de acordo com o perfil da pessoa, ou até mesmo em taxas ou condições especiais e mais razoáveis de pagamento.

Como entrar no Cadastro Positivo?

Diferentemente do cadastro de maus pagadores, em que você pode entrar na lista automaticamente, para entrar no Cadastro Positivo, você deve compartilhar seus dados através de um cadastro gratuito na Serasa, e todo seu histórico de pagamentos fica disponível para análise. Caso o consumidor deixe de pagar alguma conta em dia, ele não sairá do histórico, mas isso ficará registrado em seu cadastro.

Esse cadastro pode ser cancelado pelo consumidor a qualquer momento, e ele pode saber quais os bancos de dados e instituições que consultaram seu perfil. O prazo de permanência das informações no banco de dados é de 15 anos.

Quais dados as empresas de crédito poderão acessar?

Como há um compartilhamento de informações, muitas pessoas podem achar que o Cadastro Positivo é uma coisa ruim. Mas não são todos os dados que ficam disponíveis para as empresas que acessam seu perfil.

Dados mais sigilosos ou específicos não importam para o cadastro, como quais produtos foram comprados, endereço ou ainda especificações dos produtos. O que fica visível são os valores totais das compras feitas, a quantidade de parcelas previstas, seus valores e os pagamentos em relação àquela compra.

Ele é seguro?

Sim! Regulado pelo governo, o Cadastro Positivo protege suas informações e só pode ser acessado para análise de créditos e negócios. Não podem ser usados para marketing ou outras atividades relacionadas.

Então, você gostou da ideia? O Cadastro Positivo é uma ótima opção para ter aquela ajudinha a mais na hora de fazer uma compra ou de pedir aumento no limite do crédito do seu cartão. Se você paga suas contas em dia, pode ser uma boa ideia fazer seu cadastro! Não esqueça também de conferir outros artigos ou acessar nosso site para mais informações como essa!