De que forma os acontecimentos sociopolíticos no Brasil podem afetar o mercado financeiro

De que forma os acontecimentos sociopolíticos no Brasil podem afetar o mercado financeiro

Os Acontecimentos geo e sociopolíticos têm um impacto direto nos mercados financeiros globais, e neste contexto, nos últimos meses, o Brasil tem-se tornando num dos países que mais tem influenciado os mercados.

No Outono passado, vimos os mercados emergentes a afundar numa atmosfera de incerteza, com atrasos nas eleições Brasileiras e com o crescimento da dívida pública do país a ter um grande impacto nisso.

Felizmente, os acontecimentos sociopolíticos recentes no Brasil têm sido um pouco mais positivos, mesmo com a reforma econômica e política do país a afetar os mercados. Descubra como:

Estimulando uma economia decadente

No Brasil, uma das ações mais estratégicas por parte do Presidente Bolsonaro foi cortar a taxa básica de juros, numa tentativa de estimular o crescimento econômico e incentivar os investimentos a longo prazo em infra-estruturas.

Em termos mais específicos, o banco central do país cortou a taxa SELIC batendo um novo recorde de baixa a 5.5% meses depois de ter sofrido o corte a 6%. O banco citou que o risco de um abrandamento mais intenso na economia global foi a causa primária para tal ação, e não há dúvida de que um mal-estar global tem dificultado os planos de crescimento do novo Presidente brasileiro.

Quer faça negociações online ou tenha feito o download do MetaTrader 4, na sequência destas decisões deve ter reparado na queda de quase 8% do Real Brasileiro com subseqüente posicionamento do mercado, causando um impacto forte no seu desempenho.

Reforma da Previdência

Já falamos do crescimento da dívida pública do Brasil, que tem vindo a ser exacerbada pelos gastos pesados nas pensões públicas.

No início do ano, Rodrigo Maia (presidente da câmara dos deputados) salientou os desafios do Brasil quando afirmou que no curso das próximas quatro décadas, os custos da pensão do país poderiam aumentar para 17% do produto interno bruto. Potencialmente, isso levaria ao colapso social e essa ameaça teve um impacto significativo nas ações brasileiras.

O novo Presidente conseguiu concretizar reformas ambiciosas dos sistemas de pensões, com o objetivo de aumentar a idade da reforma do trabalhador brasileiro e controlar as obrigações de pagamento. Estima-se que esta medida possa poupar ao país até $230 bilhões nos próximos 10 anos e este anúncio deu um estímulo aos mercados globais.

A Abordagem Abrasiva de Bolsonaro às Relações Internacionais

Quando consideramos o quanto o novo Presidente é comparado a Donald Trump (mas com menos filtro), sabemos que estamos a lidar com o tipo de política que instiga polêmica e prováveis divisões que normalmente causam tumultos nos mercados financeiros.

A abordagem às relações internacionais de Bolsonaro com os seus comentários sobre a má gestão das queimadas na Amazônia neste verão, também têm sido muito criticadas. O Presidente Emmanuel Macron e o Primeiro-ministro Irlandês, Leo Varadkar, são o foco da ira de Bolsonaro, com Varadkar a confirmar que a Irlanda não votaria a favor do Acordo de Comércio Livre UE-Mercosul, se Brasil continuamente não honrar os seus compromissos ambientais.

Este tipo de liderança política certamente terá um impacto no fluxo do comércio internacional e também prejudicará o desempenho de ações e divisas no plano mundial.