7 dicas para reduzir suas despesas de inicialização

7 dicas para reduzir suas despesas de inicialização

Não é fácil para uma pessoa deixar seu emprego e iniciar uma empresa do zero por conta própria. Ainda assim, há muitos que se despedem de seus empregos e avançam no sentido de tornar real a sua ideia de ter um negócio.

Por mais otimista e inspirador que seja, muitos novos empreendedores de hoje enfrentam vários desafios no caminho para gerir seus próprios negócios com sucesso. Um dos principais obstáculos que muitos enfrentam é a gestão de fluxo de caixa. Não há segredo no fato de que muitas empresas novas geralmente caem em uma armadilha do dinheiro por gastar muito em coisas que não são importantes.

Por outro lado, o fato de alguns gastos não serem necessários, não significa que você deva deixar de gastar em algo que poderia realmente resultar no seu negócio. Existem alguns gastos que são necessários. E como empreendedor é importante que saiba diferenciar cada um deles.

Existem algumas saídas para você reduzir os custos e diminuir o prejuízo. Confira: 

1 – Sem papel

Um escritório sem papel tende a ser mais produtivo e causa pouco desperdício de dinheiro. É normal que as empresas confiem mais em recibos de papel, relatórios, faturas e documentos em papel, mas com o avanço da tecnologia documentos digitais tem o mesmo valor que o impresso. O uso de documentos digitais além de economizar dinheiro, significa também que você está fazendo sua parte para salvar o meio ambiente.

2 – Terceirizar

Outro ponto onde estaria gastando muito é na mão de obra dos seus empregados. Uma empresa não vive sem empregados, então o que você precisa fazer neste caso é buscar uma maneira de cortar os custos sem comprometer o funcionamento da empresa.  Uma saída é através da terceirização. A terceirização da mão de obra pode ser uma alternativa de economia.

Uma vez que comece a buscar mão de obra externa, se surpreenderá ao encontrar vários tipos de talentos que muitas plataformas oferecem de terceirização como Freelancer ou Upwork. Como exemplo a plataforma Crowd oferece trabalhos de Freelancer que vai desde assistentes virtuais a contadores sazonais, você encontrará todo tipo de profissional na plataforma que pode contratar facilmente e com custos mais reduzidos.

3 – Use soluções de marca que sejam acessíveis

Tradicionalmente o design do logotipo era muito caro e fugia do orçamento das pequenas empresas, nos dias atuais você pode utilizar uma ferramenta de criação de logotipo que é consideravelmente mais barata.

A tecnologia está crescendo e dominando o mundo, existem muitas ferramentas de marca acessíveis e facilmente acessíveis que estão na Internet que qualquer pessoa pode usar, como, aplicativos e páginas que podem auxiliar na construção do seu logotipo bem como alguns programas como photoshop, coreldraw. Por exemplo a Tailor Brands que é uma ferramenta que se utiliza para desenhar um logotipo de alta qualidade para sua empresa, sozinho e em questão de minutos e com um custo reduzido, menos de R$20,00 para obter um logotipo premium para sua empresa. O processo geral é simples e não precisa nenhum conhecimento sobre como desenhar seu logotipo.

4 – Use o dinheiro com sabedoria

Embora seja uma dica muito óbvia, gastar dinheiro com sabedoria é altamente importante. Para qualquer startup ter sucesso, é altamente vital priorizar as coisas nas quais gastaria dinheiro. 

Portanto, evite comprar equipamentos e móveis novos que possam não ser importantes no momento. Além disso, se o uso de um endereço virtual for uma opção muito mais barata, use o serviço. Quando a empresa começar a obter lucros, você poderá obter um espaço para sua empresa.

5 – Conheça bem o marketing digital

O uso de ferramentas digitais em uma pequena empresa os ajudaria a expandir seus negócios. Para poder usar essas ferramentas e aproveitar bem a era digital, você precisa saber tudo sobre marketing digital. Aprendendo sobre os diferentes tipos de aspectos de marketing digital, como blogs, marketing de mídia social, e-mail marketing etc., você poderá aprimorar sua empresa para ajudá-la a crescer mais rápido e melhor que seus concorrentes. Isso também ajudaria você a economizar muito dinheiro.

6 – Gerencie seu fluxo de caixa

A administração de uma empresa traz muitos problemas quando se trata de gerenciar o fluxo de caixa, atualmente existem plataformas que auxiliam no gerenciamento de fluxo de caixa. O SEBRAE disponibiliza planilhas gratuitas para download e plataformas online.

 Na maioria das vezes, não é a falta de dinheiro que é o problema. Mas é a lenta recuperação de dinheiro dos clientes que utilizaram seus serviços ou compraram seus produtos. A verdade simples é que não há nenhuma empresa que esteja protegida contra os clientes preguiçosos que demoram tanto para pagar suas dívidas. Caso você não consiga tomar providências para tais circunstâncias, é quando você pode facilmente cair em uma crise de caixa.

Para que você possa evitar qualquer deficiência de receita e melhorar o fluxo de caixa, seria necessário preparar uma política de faturamento muito rigorosa. Essa política deve ser compartilhada com os clientes, informando que você não aceitaria pagamentos atrasados. A política pode ter uma cláusula informando que o cliente seria multado com uma quantia apropriada caso o pagamento fosse atrasado.

7 – Encontre fornecedores alternativos que sejam acessíveis 

Você não precisa se sentir culpado quando sabe que não pode pagar os serviços de um fornecedor. É melhor procurar um fornecedor alternativo que possa oferecer melhores serviços por taxas mais baixas. O fornecedor pode ser para serviços como reparos e limpeza, fornecedor de equipamentos ou material de escritório.

Você precisa entender que acabou de iniciar um negócio e precisa economizar o máximo possível. Isso significa que você pode começar executando as tarefas na empresa que você, como proprietário, pode executar por conta própria. 

Começar um negócio é uma coisa ótima e torná-lo bem-sucedido não é tão difícil. Mas para você fazer isso, teria que se concentrar em como o caixa flui nos negócios. Além disso, quando o dinheiro começa a fluir, seria uma ótima ideia usar a maior parte para expandir a empresa.

Por outro lado, quando você cometer erros, não perca a esperança e fique desapontado. Use esses erros como trampolins para aprender com eles e avançar para o sucesso.