6 dicas para quitar suas dívidas e sair do vermelho

6 dicas para quitar suas dívidas e sair do vermelho

Dívidas são as maiores inimigas de uma vida financeira tranquila.  Para acabar com elas, é importante fazer uma análise cuidadosa da situação, investir no planejamento e cortar gastos para poder equilibrar o orçamento. Confira os passos para quitar suas dívidas e ter uma vida financeira saudável:

Analise a situação das suas dívidas

O primeiro passo no caminho para a quitação das suas dívidas é analisar a real situação delas: levante todos os valores que você está devendo e os respectivos credores. Neste momento, é importante não saber apenas qual é a quantia total da dívida, mas os juros que são cobrados em cada uma delas.

Faça um planejamento

Depois de levantar as dívidas, é hora de analisar a situação das suas finanças. Quanto você ganha? Seus gastos superam suas receitas? Quais são as categorias do seu orçamento pessoal em que estão as maiores despesas? Em que áreas é possível economizar? Um aplicativo de controle financeiro ou uma planilha de custos podem ajudá-lo a ter uma visão geral das suas finanças e planejar os gastos em cada categoria no futuro. Se você ainda não sabe qual é a melhor forma de controlar suas finanças, clique aqui e confira neste artigo 5 sites de controle financeiro pessoal online.

Abra mão de alguns bens e/ou investimentos

Na busca por uma vida financeira saudável, sua prioridade deve ser a quitação das suas dívidas. Por isso, é importante lançar mão de todo o dinheiro disponível, seja por meio de investimentos ou que seja fruto da venda de bens. Rendimentos extras, como restituição do Imposto de Renda, 13º salário e férias, devem ser destinados para a quitação dos seus débitos. Dependendo da situação, considere ainda se desfazer de algum bem, como um carro, para** quitar suas dívidas** e reduzir o pagamento de juros.

Considere trocar sua dívida por outra com melhores condições

Dívidas no cheque especial e no rotativo do cartão de crédito cobram os maiores juros do mercado. Se estiver endividado em uma destas duas modalidades, considere a possibilidade de adquirir uma dívida mais barata, como um empréstimo consignado, para quitar as outras que cobram juros altíssimos.

Corte gastos

Alguns sacrifícios devem ser feitos para quitar suas dívidas. Cortar gastos é um deles. Comece separando suas despesas em essenciais e supérfluas. A primeira categoria engloba itens como aluguel, conta de luz, de gás, mensalidade da faculdade etc. A segunda é relacionada a gastos com estilo de vida, como academia, salão de beleza, restaurantes, roupas etc. O corte de despesas deve começar nos gastos supérfluos, mas vale a pena analisar se é possível reduzir custos também nos essenciais, reduzindo o valor da conta de luz, por exemplo.

Negocie com seus credores

Antes de mesmo de negociar valores com seus credores, tenha em mente que você não deve aceitar uma proposta de negociação que, no futuro, não poderá cumprir. Caso tenha dinheiro investido, veja a possibilidade de pagar a dívida com desconto, à vista. Caso não exista essa possibilidade, analise se o valor das parcelas cabe no seu bolso. Não dê um passo maior do que a perna para não correr o risco de se endividar novamente!

Com determinação e planejamento, é possível quitar suas dívidas. Aposte neste plano de ação e não adie mais o problema. Uma vida financeira tranquila está à sua espera. Você teria alguma dica para compartilhar também? Deixe o seu comentário!

#####

Leia também:
Dicas para quem está endividado
Como sair do vermelho