5 dicas para fazer o gerenciamento de estoque do seu e-commerce

5 dicas para fazer o gerenciamento de estoque do seu e-commerce

Qual a quantidade mínima e a máxima de produtos que se deve ter na loja virtual? Como garantir que os produtos que estão há mais tempo sejam os primeiros a serem vendidos? Quando fazer a reposição de produtos para que você não fique sem estoque?

Essas são algumas das perguntas que rodeiam a cabeça de todo mundo que tem um e-commerce. Por isso, trouxemos 5 dicas para fazer um gerenciamento de estoque eficaz e acabar de vez com as suas dúvidas. Confira!

1. Adote um sistema de gerenciamento de estoque

Planilhas são boas para muitas coisas mas, quando se trata de gerenciar um dos ativos mais importantes do seu e-commerce, invista em um sistema que vá garantir o controle total dos produtos que estão no seu estoque.

Um sistema de gerenciamento traz funcionalidades que permitem que você saiba exatamente a quantidade de produtos que entram e saem, as categorias de produtos melhor saída, a periodicidade do giro do estoque, taxa de quebra de produtos, devoluções, trocas, e outras informações que dão um panorama geral sobre o seu desempenho na gestão do estoque.

2. Mantenha um estoque enxuto

Estoque enxuto é aquele que tem a quantidade exata de produtos que você vende dentro de um determinado período de tempo, como um mês.

Por exemplo, se no seu e-commecer você vende 10 televisores por mês, não há razão para manter 50 televisores em estoque, concorda? O melhor é manter 12 televisores (uma margem de segurança de 20%) e repor o estoque com maior frequência.

Os motivos para manter um estoque enxuto são bastante simples:

  • Economia de espaço no seu estoque, dispensando investimentos em infraestrutura física;

  • Maior giro de produtos, evitando a obsolescência ou quebra;

  • Menor capital de giro imobilizado, favorecendo a liquidez do seu fluxo de caixa.

3. Faça a segmentação por setores

A categorização dos produtos deve ser feita no momento da entrada no estoque, a fim de que sejam acomodados em local adequado. Deixe os produtos com maior saída sempre à frente, para que o processo de separação dos pedidos seja feito com maior agilidade.

Segmentar seu estoque por setores, torna muito mais fácil a tarefa de identificar os produtos e otimizar o processo de logística. Isso impacta diretamente seu gerenciamento de estoque, a produtividade da sua equipe e também a satisfação dos clientes, que recebem os produtos antes do prazo.

4. Negocie com seus fornecedores

Estabelecer parcerias com seus fornecedores para que eles aumentem a frequência das entregas dos produtos ou realizem, eles mesmos, o envio para os compradores, é uma ótima maneira de otimizar o seu gerenciamento de estoque.

Com uma boa negociação, você é capaz de reduzir seus gastos com infraestrutura física e repassar essa economia para os produtos, conquistando os clientes não só pela qualidade, mas também pelo preço.

5. Higienize seu estoque com promoções

Periodicamente, é preciso fazer um levantamento de produtos que estão parados no estoque e dar vazão a eles, caso contrário, poderá perder o investimento feito. A melhor maneira de não sair perdendo com produtos encalhados é fazer promoções para se livrar do estoque e, ao menos, recuperar o valor investido na aquisição das mercadorias.

Seja generoso nas promoções, mas não caia no prejuízo. Venda a preço de custo se for necessário, mas cobre o frete ou aumente o prazo de entrega para compensar os custos de transporte. Também não deixe que os produtos se tornem obsoletos! Faça promoções periódicas e fique sempre atento ao seu controle de estoque para mantê-lo sempre girando.

Curtiu essas dicas de gerenciamento de estoque? Em nossa página do Facebook você encontra muitas outras dicas para melhorar o desempenho do seu e-commerce.