24 de março de 2017

Você tem medo de investir?

Ajude o Finanças Forever a crescer ainda mais. Curta e compartilhe nossa página!

Bruna me escreveu o seguinte:

Everton, tudo bem? Sou sua seguidora e adorei saber que  sua esposa escreveu um ebook sobre intercâmbio em Dublin. Gosto da ideia de estudar no exterior. Porém, não gostaria de investir todo meu dinheiro em educação. Queria um conselho seu sobre onde investir. Estudar inglês? Tesouro Direto? Bolsa de Valores?

Você tem medo de investir? – Crédito da Imagem: freedigitalphotos.net

Eu moro em Minas Gerais na cidade de Uberlândia, a capital da logística, aqui é um lugar muito bom, cheio de oportunidades. Porém, Minas Gerais é um estado em que o trabalho não é muito valorizado, os salários aqui estão abaixo da maioria dos outros estados.

Mas a questão não é essa, eu tenho 21 anos e trabalho na área comercial em uma construtura de imóveis, estarei me formando esse ano em Administração. Sempre trabalhei para juntar dinheiro, sou muito econômica e, consegui juntar R$ 20.000,00. Tenho muitas dúvidas. Tenho medo de ir para o exterior estudar inglês, tenho medo de investir em ações…


Acredito que está na hora de investir meu dinheiro, tenho lido muito a respeito, não acho que tenho perfil para a bolsa de valores, e tenho muitas idéias de o que fazer com o dinheiro. Mas na hora de executa-las me petrifico de medo (sempre penso que demorei anos para economizar).

Eu gostaria muito de sair do Brasil para expandir a mente, ver uma nova cultura, aperfeiçoar o inglês, tenho um carinho especial pela Irlanda, não sei porque. Também tenho um amigo que acabou de abrir uma franquia do Frank’s Café e está procurando um sócio, sei que não tenho muito para ser sócia, mas como moro com meus pais e não preciso de dinheiro, pensei em investir 15.000,00 lá e deixar 5.000,00 para emergências. Também pensei em investir no Tesouro Direto, CDB ou CDI já que é melhor do que a poupança né? Ainda mais com essa nova regra da poupança.

Enfim, você entende a confusão na minha cabeça? Sou muito nova, mas estou em busca da minha inteligência financeira para ser rica ou pelo menos que eu esteja em uma situação financeira que me proporcione conforto, que seja suficiente para ter filhos e sustentar meus pais.

De todas as minhas idéias simpatizo mais com a do intercâmbio em Dublin, acredito que R$20.000,00 dê para chegar á Irlanda e lá começar trabalhar para me manter e de novo economizar mais.

Desde já agradeço sua atenção e tempo despendido,
Bruna.

Resposta: Bruna, Bom dia!

Primeiramente gostaria de agradecer seu lindo e-mail. Você está de parabéns! Bacana demais ouvir e sentir sua história. Ela é muito parecida com a minha. Também trabalhei muito para guardar dinheiro e começar a investir.Só na Europa passei 6 anos trabalhando como louco. Nesse meio tempo diversifiquei meus investimentos e aprendi a investir sendo autodidata. Comprei bons livros e consegui chegar em um ponto que já não tinha mais medo algum. Queria apenas investir, investir e investir…

Hoje, estudo cada vez mais para aprender e poder ajudar meus amigos a chegar onde cheguei.

Agora vamos falar sobre você.

Minha cara, o Brasil é o país das oportunidades. Pode ser em Minas Gerais, SC, SP, PR, etc. O que vale mesmo é não ter medo de trabalhar!

Lá fora (Irlanda, Espanha etc.) os países estão passando por maus bocados. Mas para quem não tem medo de trabalhar, vale a pena investir o dinheiro. Aprender inglês e colocar na cabeça que só voltará pro Brasil quando conseguir seu dinheiro investido de volta. Poderá demorar 1 ano, 2, ou 3 anos. Mas vale a pena, pois terás aprendido o inglês. Que hoje em dia é o idioma básico! :-) Há, estudos nunca é demais! Sou um eterno estudante e acredito que estar em evolução constante é o caminho mais curto para a prosperidade financeira. Sou prova viva deste progresso! :-)

Além disso, estudando inglês no Brasil, acredita-se que possa demorar  +/- 8 anos para alcançar um nível avançado/fluente.

Seu Medo!

Você tem medo dê que? Possui pensamentos medrosos em relação ao dinheiro?

Os prejuízos que o medo pode lhe trazer é muito maior. Não tenha temor de alcançar suas metas. Trace metas e objetivos claros e realistas, assim superará o seu medo interno.

Napoleon Hill diz que o medo é a grande causa da timidez, procrastinação, indiferença, indecisão e falta de ambição e entusiasmo. Leia mais e assista um vídeo rapidinho sobre procrastinação clicando aqui.

Pânico, receio, temor, horror são os sinônimos de medo. Se você tem pânico de ser rico, eu não. Se você tem receio de ser milionário, eu não.

Tenho temor de ficar a mercê do Governo quando for aposentado. Estou buscando superar esse meu medo interno, mas sei que os pensamentos positivos vão me ajudar.

Horror à pobreza o torna arrogante. E pode tirar a concentração de qualquer pessoa. Não faz sentido ter medo da pobreza nos dias de hoje. Com uma abundância de pensamentos materialista, o que te leva a ser pobre é o medo de ficar rico.

Medo do fracasso é o temor em parecer idiota. Fracassar faz parte da vida. Muitos empreendedores de potencial fracassaram em seus primeiros negócios. No livro Pai Rico Pai Pobre, de Robert Kiyosaki, lembra da importância em fracassar para entender melhor o processo do enriquecer através do empreendedorismo e investimento. Fracasso não é pecado. Não tenha medo! Siga em frente Bruna Constantino, você ainda é nova e pode e deve errar. Mas o importante é aprender com seus erros e errar o menos possível. Se por acaso errar, haja rápido e aprenda rápido com este erro. :-)

Meus investimentos:

Quando eu tinha meus primeiros R$ 20.000,00 eu investi em imóveis, influenciado pelo meu pai. Minha mamãe nem sabia que eu tinha o dinheiro. Depois desse investimento, resolvi ler mais e comprei mais de 10 livros sobre o tema.

Vou citar alguns títulos mais famosos, apenas para você começar, mas recomendo que depois você busque outros similares:

Além desses e outros livros, também entrevistei pessoas influentes e escritores do mercado financeiro. Aprendi muito com eles. Você poderá ler algumas das entrevista aqui mesmo no blog. Na seção Blogueiros Notáveis já entrevistei pessoas de grande credibilidade quando assunto é finanças e investimentos, alguns deles são: Conrado Navarro, do Dinheirama e autor do livro “Vamos Falar de Dinheiro”; Professor Elisson de Andrade; Henrique Carvalho autor do e-livro “Alocação de Ativos“; e Rafael Seabra autor do ebook “Como Investir Dinheiro” e, entre outros.

Bruna, posso lhe dizer que atualmente invisto em Bolsa de Valores, Tesouro Direto, poupança (minha reserva de emergências) e imóveis. Em imóveis invisto de duas maneiras: comprando aptos. baratos e alugando-os e, às vezes, compro terrenos e construo casas germinadas para vender. Em Bolsa de Valores mesclo ações individuais e ETFs (BOVA11 e SMAL11).

Conclusão

Encontrar o equilíbrio e depois eliminar da sua vida os fatores que lhe prende no pensamento semelhante da classe média brasileira. Esqueça o medo, leia livros, desligue a TV e seja FELIZ!

Faça um regresso no pensamento e veja o que você fez no passado (+/- 10 anos) e o que isso lhe influenciou hoje. Você progrediu, prosperou e poderá crescer mais ainda Bruna. Apenas busque alternativas de investimento e continue estudando/trabalhando.

Elimine completamente o medo da sua vida. Não tenha medo de compartilhar com os outros suas idéias e projetos. Ninguém vai roubar sua ideia. Porque você sabe que a grande diferença será na hora de agir e colocar a mão na massa. Estou aqui pra dar apoio, recomendações e muito mais. Tem que fazer acontecer.

Fique a vontade em perguntar caso tenha dúvidas sobre seu intercâmbio, ou ainda, sobre seus investimentos. Não hesite em me escrever.

Siga-me no Twitter e fique por dentro de tudo sobre finanças. Vamos trocando ideia por lá.


OU CURTA a página do blog no Facebook.

Gostou disto? Curta nossa página e compartilhe este conteúdo com seus amigos.
2 Comentários

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *