24 de setembro de 2017

Você sabe como ocorre a desvalorização do dinheiro parado?

Ajude o Finanças Forever a crescer ainda mais. Curta e compartilhe nossa página!

Finance and money items collection.

Quando se atravessa por um período de incertezas, como é o caso de uma crise financeira, é comum que as pessoas fiquem com receio em relação à desvalorização do dinheiro parado. Investimentos equivocados podem acontecer quando há muitas opções, mas é importante que o dinheiro seja investido, pois caso contrário a desvalorização fará com que ele valha menos em um intervalo de tempo que pode ser relativamente pequeno.

Por que a desvalorização do dinheiro acontece

O dinheiro perde valor por causa da dinâmica do mercado. Se formos olhar para trás, ainda na década de 1990, um botijão de gás poderia ser comprado por pouco mais de R$7,00. Atualmente, em 2016, é raro encontrar um lugar que venda por menor de R$45,00.

Já imaginou se você tivesse guardado debaixo do colchão esses exatos R$7,00 em 1998 e tentasse comprar esse botijão de gás hoje? Você apenas poderia comprar uma fração deste botijão de gás. E isso funciona com toda a economia.

O poder da inflação e dos juros

O dinheiro perde valor por causa da inflação e dos juros que impactam o poder de compra. O valor de R$100,00 em 1998 é exatamente o mesmo que em 2016, mas o poder de compra é muito diferente. E a culpa disso é da inflação.

Todo ano são divulgados números oficiais da inflação. Para ficar mais fácil, vamos pegar esses mesmos R$100,00 e considerarmos a data de janeiro de 2015. Você foi no mercado e anotou tudo o que poderia comprar com ele, suponhamos que 50 caixas de leite, cada uma a R$2,00.

Ao fim do ano, os preços subiram para R$2,20 e apenas 45 unidades poderiam ser adquiridas. Está aí o poder da inflação: fazer com que o dinheiro perca poder de compra com o passar do tempo. Mas como resolver essa situação?

Os juros utilizados a seu favor

Como os juros e a inflação fazem os preços subirem, se você pegasse esses mesmos R$100,00 no início de 2015 e investisse para ganhar 15% ao ano você teria, ao fim de 2015, R$115,00. Com esse valor, é possível comprar mais de 52 caixas de leite.

O que aconteceu foi que você optou por investir o seu dinheiro e o seu investimento trouxe um retorno maior do que a inflação no mesmo período, pois você ganhou 15% contra 10% da inflação. É importante que se invista sempre buscando superar os índices esperados de inflação e a caderneta de poupança, investimento mais conhecido da população, que não tem superado tais índices nos últimos anos.

Procure pesquisar os históricos de rentabilidade dos investimentos que mais te atraem e também verifique as projeções de inflação para o mesmo período do investimento. Busque taxas de retorno maiores do que a expectativa de inflação, pois isso fará com que o seu dinheiro ganhe poder de compra real neste intervalo de tempo, fazendo com que você colha os bons frutos de um investimento bem realizado.

Nunca deixe seu dinheiro parado, pois embora não seja gigantesca como em décadas anteriores, a inflação ainda existe e faz com que a desvalorização do dinheiro prejudique suas finanças ainda no curto prazo. Faça seu esforço de poupar trazer retorno, evitando desperdícios e buscando mais conhecimentos sobre finanças.

E para saber mais sobre finanças curta a nossa página no Facebook e fique por dentro das finanças de uma vez por todas!

Gostou disto? Curta nossa página e compartilhe este conteúdo com seus amigos.

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *