25 de abril de 2019

Vale a pena vender minhas milhas áreas?

Ajude o Finanças Forever a crescer ainda mais. Curta e compartilhe nossa página!

vale apena vender milhas areas

Os programas de milhagem das companhias aéreas fornecem verdadeiras vantagens para quem viaja de avião com frequência. Porém, eventualmente você pode estar com um grande volume de milhas acumuladas e não ter a intenção de viajar em um curto espaço de tempo ou, ainda, pode estar precisando de dinheiro. Nessas situações você se questiona: “vale a pena vender minhas milhas?”.

Nesse post vamos explicar como funciona o programa de milhagem para que você não tenha dúvidas na hora de responder à pergunta acima. Confira!

Como funciona o programa de milhagens?

A maioria das companhias aéreas adotou esse sistema simples de bonificação de quem viaja com frequência a bordo de suas aeronaves. O objetivo é fidelizar o cliente, premiando quem mais voa. Geralmente as bonificações são dadas em descontos na compra de passagens aéreas, mas algumas companhias também permitem que os bônus sejam utilizados na compra de eletroeletrônicos, livros e até em supermercados.

Para acumular milhas o cliente deve comprar passagens e serviços da companhia ou, ainda, utilizar um cartão de crédito, se hospedar em determinados hotéis ou comprar em algumas lojas virtuais que convertem o bônus da compra em milhas aéreas.

Geralmente, as empresas definem o mínimo de milhagem acumulada que poderá ser trocada e também em quais condições elas podem ser usadas. Por exemplo, pode haver limitação no uso em férias ou em finais de semana e, frequentemente, é definido um prazo de validade.

Como se comercializa?

A venda das milhas aéreas é possível de ser feita por intermédio de empresas que compram esses bônus para serem utilizados por elas mesmas ou por outras companhias que precisam de muitas passagens aéreas. Como quem compra busca obter lucro com a negociação, certamente o valor que a empresa pagará pelas suas milhas será menor do que aquele que elas valem de fato, caso sejam convertidas na compra de passagens ou em outros produtos.

É legal vender minhas milhas?

Do ponto de vista legal, não há nenhum impedimento na venda de milhas. Porém, como se trata de uma bonificação dada pela companhia aérea, ela pode incluir no contrato do programa uma cláusula que torna as milhas intransferíveis, tornando-as de uso individual e privativo do cliente, o que, na prática, proíbe a venda para quem quer manter o relacionamento com a companhia.  Se existir essa cláusula e a companhia descobrir a transação, você poderá ter o seu nome excluído do programa de milhas, anulando o que você tiver acumulado.

Porém, se a cláusula não existir, não há nenhuma obstrução para a venda.

Vale a pena?

Chegando ao ponto principal desse post, você deverá avaliar se de fato vale a pena vender as suas milhas levando em consideração o uso que você poderá ou precisará fazer delas, confrontando com a necessidade de dinheiro que você tem. Por exemplo, se existem viagens programadas ou se a possibilidade de ter que viajar é uma constante na sua vida, talvez seja preferível você obter o dinheiro que precisa de outra forma. Afinal, como já foi dito, quem for comprar as suas milhas não pagará por elas o que de fato elas valem. Assim, quando você tiver que comprar nova passagem, terá que fazer um desembolso maior do que o valor que recebeu na venda das milhas.

Quanto vale?

Como se trata de um mercado livre, não há uma tabela rígida de valores, mas é possível obter uma referência. Por exemplo, para as companhias Gol, Azul e TAM, atualmente o valor para 10 mil milhas acumuladas é de R$ 240, de acordo com cotação do site Milhas Aéreas. No mesmo site, os valores de milhagens maiores são diretamente proporcionais a essa referência.

Para quem vender?

Existem várias empresas que compram milhas e para encontrá-las basta fazer uma pesquisa na internet. Contudo, se você de fato aceita receber um valor menor do que as suas milhas de fato valem, pesquise o máximo que puder para não ter surpresas desagradáveis, procurando as empresas que realmente sejam idôneas.

E você, tem alguma opinião ou informação sobre a venda de milhas? Compartilhe conosco, deixando aqui o seu comentário!

Gostou disto? Curta nossa página e compartilhe este conteúdo com seus amigos.

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *