21 de outubro de 2018

Vale a pena abrir uma farmácia?

Ajude o Finanças Forever a crescer ainda mais. Curta e compartilhe nossa página!

Keeping his shelves well-stocked

Apenas em 2017, comparado ao mesmo período de 2016, o crescimento de farmácias atingiu um expressivo resultado no mercado: crescimento de 21,76%. Os dados são das empresas do setor filiadas à Federação Brasileira das Redes Associativas de Farmácias (FEBRAFAR). Com isso, fica a dúvida: vale a pena abrir uma farmácia?

A dúvida não poderia ser mais pertinente: com tantos novos negócios, há dois lados – aproveitar o crescimento do setor ou fugir do inchaço no número de empresas farmacológicas. Há inúmeros fatores que devem ser levados em conta e, sem eles, o futuro empreendedor dará um ‘tiro no escuro’. Por isso, veja se vale a pena abrir uma farmácia neste artigo.

Requisito 1: Localização

Para responder à pergunta que nos trouxe até aqui o primeiro e indispensável fator a ser analisado é a localização. Isso porque você precisa responder algumas perguntas antes de avaliar se vale a pena abrir uma farmácia ou não:

  •  Há outros estabelecimentos próximos ao seu?
  •  Qual é o poder aquisitivo da região em que se encontra?
  •  Hospitais e centros de saúdes nas proximidades do seu futuro negócio?
  •  É fácil o acesso até o local?

Essas quatro perguntas norteiam sua avaliação. Caso você não possua ampla concorrência num raio de poucos quilômetros, com pessoas que possam pagar pelos seus remédios e produtos, tenham acessibilidade por ser próxima de instituições de saúde, além de fácil acesso, a resposta é sim. Mas, devem-se avaliar todas as características.

Requisito 2: Medicamentos, produtos e capital de giro

Na sequência é necessário ver se, descontado o prédio em que será instalada a farmácia e outros gastos operacionais, você tem condições de comprar medicamentos em alta quantidade, atendendo a demanda e deixando os preços baixos – pelo menos até gerar a sua clientela. Além disso, definir outros produtos que deseja vender como ‘fator conveniência’.

O terceiro ponto é saber que, após descontar todos esses valores, há um capital de giro para aguentar ao menos seis meses – antes dos retornos efetivos. Com um bom planejamento e dinheiro para investir é possível tornar a nova farmácia um local atrativo, com variedade de produtos e preço baixo, sem precisar recorrer a empréstimos para não ir à falência.

Requisito 3: os farmacêuticos

Avaliando se vale a pena abrir uma farmácia, você precisa considerar a contratação de profissionais qualificados. Sua estratégia pode ser baseada em equipes que recebam capacitação através da própria empresa ou aqueles que possuem experiência no mercado.

  • Profissionais a serem capacitados: permitem menos gastos iniciais, são mais fáceis de adequarem à linha da sua empresa, mas na maioria são inexperientes.
  • Profissionais capacitados: possuem ampla experiência no assunto, podem dar dicas valiosas para o crescimento interno, mas geram um custo maior para a contratação.

Não há fórmula correta nesse caso: vale do planejamento e expertise do empresário identificar qual é a melhor oportunidade.

Requisito 4: Gestão empresarial e financeira

Nenhum dos requisitos anteriores funcionará se você não gerir bem a sua farmácia. Há muitos fatores idênticos a qualquer setor corporativo e saber administrá-los é fundamental para levar o negócio adiante. Caso necessite, busque ajude de profissionais – sejam físicos ou no ambiente digital – que irão guiar e orientar sobre o seu caso. Hoje empresas de controle financeiro oferecem serviços especiais de controle financeiro para farmácias, os serviços são personalizados. Fique atento às novidades no setor.

Vale a pena?

Sim. Como qualquer outro negócio, desde que o empresário seja criativo, inovador e, claro, empreendedor. O crescimento acima da média do mercado de farmácias não condiz que todos têm sucesso – o que abre portas para negócios que estão iniciando no setor. Ao abarcar os quatro requisitos acima é possível extrair ao máximo o que a farmácia tem a oferecer como empresa.

Não deixe de conferir outras dicas e artigos de qualidade.

Gostou disto? Curta nossa página e compartilhe este conteúdo com seus amigos.

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *