25 de junho de 2019

Um investimento melhor que a poupança

Ajude o Finanças Forever a crescer ainda mais. Curta e compartilhe nossa página!

dinheiro

Sabe aquelas promessas de fim de ano? Uma das mais comuns é: “neste ano, vou poupar”. Pois é! Realmente não é algo fácil, mas extremamente importante para que você realize os sonhos que tanto deseja. Seja a compra da casa própria, o carro ou a viagem.

Seu próximo pensamento é levantar a hipótese de abrir uma caderneta de poupança. Mas saiba que nem sempre essa é a melhor forma de guardar seu dinheiro e obter retorno.

Existem outras possibilidades de investimento que podem ser mais rentáveis, como o tesouro direto, e que te ajudarão a alcançar mais rapidamente seu sonho. Neste post vamos te ajudar a entender melhor a poupança, além de sugerir outra possibilidade. Veja só!

Poupança: um investimento seguro e pouco rentável

Esse é o investimento mais popular do país, pois é muito divulgado, além de ser fácil de contratar. Qualquer banco oferece a possibilidade de uma conta poupança, onde você poderá depositar seu dinheiro, que renderá mensalmente.

Desvantagens

A grande questão da poupança é, justamente, o rendimento, que é muito baixo. Quando a taxa Selic, que é determinada pelo governo, está acima de 8,5%, a poupança rende 0,5% ao mês mais uma taxa diária, chamada de referencial, também determinada pelo governo.

Vamos pensar em uma hipótese, em que a Selic esteja superior a 8,5% e que a taxa referencial no dia do aniversário da poupança (a conta rende no mesmo dia em que você fez a abertura. Todo dia 20, por exemplo) seja de 0,14%.

Isso significa que, naquele dia, a poupança renderá 0,64%. Se você tiver aplicado uma quantia de R$ 1000,00, o rendimento será de R$ 6,40. Bem baixo, não é?

Vantagens

Mas existem vantagens também. A poupança possui liquidez diária, ou seja, você pode sacar o dinheiro todos os dias. Outro ponto que atrai tanta gente é a segurança. Trata-se de um investimento protegido pelo Fundo Garantidor de Crédito do Banco Central, que garante seu dinheiro caso o banco entre em falência.

Porém, a poupança não é o único investimento seguro. Veja só!

Tesouro direto: maior retorno

O Tesouro Direto é uma espécie de compra de títulos de crédito do governo. O investidor compra o título e, em um prazo determinado, recebe o investimento acrescido dos juros e rendimentos. É como se você estivesse emprestando dinheiro para o governo.

Alguns títulos têm taxas prefixadas, ou seja, você pode saber quanto receberá ao final do prazo de vencimento. Há também os títulos pós-fixados, que podem ter variação dos rendimentos de acordo com a Selic, além de outras taxas. Depende da sua disposição para os riscos.

As taxas de rendimento do tesouro direto chegam a ser 80% mais altas que as da poupança. Isso varia de acordo com o tipo de título e a data de vencimento (quanto mais longa, mais você ganha).

Daí você pensa: tenho que esperar a data de vencimento para retirar meu dinheiro? Não necessariamente. Esse é o quadro ideal para que você ganhe mais, porém há a possibilidade de vender o título a qualquer momento pelo valor de mercado.

Detalhe: existem títulos a partir de R$ 80,00. Isso mesmo! Basta procurar um corretor.

Portanto, não se prenda a uma possibilidade e crie oportunidades de investimento para que seu retorno seja maior. Seja na poupança ou no tesouro direto, o importante é estar consciente de onde colocar seu dinheiro.

Ainda tem dúvidas ou sugestões sobre os investimentos? Deixe um comentário no post!

Gostou disto? Curta nossa página e compartilhe este conteúdo com seus amigos.
2 Comentários

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *