25 de abril de 2019

Quanto devo economizar do meu salário?

Ajude o Finanças Forever a crescer ainda mais. Curta e compartilhe nossa página!

Quanto devo economizar do meu salárioVocê já deve ter observado que algumas pessoas conseguem fazer uma poupança mesmo com uma renda mensal de cerca de três salários-mínimos, enquanto outras, cujos rendimentos são até dez vezes maiores, acabam contraindo dívidas e não conseguem saná-las. Você pode nem perceber, pois essas pessoas possuem carros luxuosos e compram coisas caras. Mas o problema existe e, em algum momento, os cintos precisarão ser apertados.

Com planejamento e sabendo economizar, é possível sair dessa situação. Neste post, vamos explicar como dividir sua renda mensal para você não ter problemas financeiros e preocupações com a sua aposentadoria. Você sabia que sua poupança de hoje pode garantir um salário no futuro? Confira!

Elabore uma lista com seus gastos

A primeira coisa a ser feita para poupar dinheiro é elaborar uma lista detalhada sobre seus gastos mensais. É preciso distinguir com clareza como é utilizada a quantia que você ganha: transporte, alimentação, lazer, contas diversas e gastos com moradia, como condomínio, aluguel, contas de água, entre outras. Com o consumo separado por tópicos, fica mais fácil visualizar o percentual despendido em cada um deles. Para isto utilize um bom gerenciador financeiro.

Com a lista elaborada, trace uma estratégia. O ideal é que sejam poupados 30% do seu salário por mês. Dessa forma, a soma de todos os outros itens listados anteriormente não pode ultrapassar 70% da sua renda mensal. Destes 30% economizados, cerca de 20% deverão ser reservados para sua aposentadoria. Uma pessoa que consiga economizar R$ 170,00 por mês, por exemplo, poderá se aposentar com um salário mensal de R$ 2 mil após 30 anos. O cálculo é com a aplicação na poupança, com um rendimento médio de 0,5% ao mês.

Trace uma estratégia para economizar

Nem sempre as pessoas conseguem ter essa margem para acumular renda. A alternativa é abrir mão da reserva e gastar tudo que se ganha? A resposta é não. O que você precisa  é traçar a melhor estratégia para serem criadas condições favoráveis que possibilitem a economia. Vamos começar pela lista de gastos que elaboramos inicialmente. Os itens de despesa precisam agora ser separados entre os de necessidades básicas e os supérfluos.

A dificuldade em poupar os 30% de sua renda mensal resultará na redução dos itens dispensáveis dessa lista. Em casos mais críticos, será necessário até excluir todos aqueles gastos que não sejam com necessidades básicas. Se ainda assim não for possível chegar ao valor desejado, restrinja alguns itens de necessidade básica. Talvez uma redução em planos de serviços como telefone, TV a cabo, entre outros, pode ser uma boa solução para economizar.

Se nem com a diminuição nos valores gastos com itens de necessidade básica for possível chegar ao percentual que indicamos, será o caso de se pensar em fontes de renda alternativas. Estamos falando do conhecido trabalho de freelancers que garante um dinheiro a mais fora do horário de trabalho.

Agora que você já sabe qual o percentual que deve poupar do seu salário, não é difícil perceber que a estratégia de economia é até mais importante do que a renda mensal em si. Com a reserva garantida, você se prevenirá contra eventualidades e se prepará para a sua aposentadoria. E então, conseguiu elaborar sua lista de gastos e definir onde pode economizar? Deixe seu comentário abaixo!

Gostou disto? Curta nossa página e compartilhe este conteúdo com seus amigos.

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *