18 de novembro de 2018

Qual a melhor opção na hora de comprar um carro: Consórcio ou Financiamento?

Ajude o Finanças Forever a crescer ainda mais. Curta e compartilhe nossa página!

qual-a-melhor-opcao-na-hora-de-comprar-um-carro-consorcio-ou-financiamento

Comprar um carro facilita em muito a vida, mas como investimento financeiro que é, demanda muita atenção. É indispensável, por exemplo, que o orçamento familiar não seja comprometido ao adquirir um veículo. Há no Brasil dois sistemas de compra mais procurados pelo consumidor para este fim. No embate entre consórcio ou financiamento, você sabe qual a melhor opção na hora de comprar um carro?

Ambas as possibilidades auxiliam quem não pode arcar com o valor de um automóvel à vista. Cada qual apresentará suas vantagens e desvantagens, sendo mais indicados para diferentes consumidores e demandas. A seguir vamos descrever como funciona cada uma destas modalidades, estabelecendo também suas particularidades. Ao final, apresentamos um veredito com a melhor escolha.

Como funciona o consórcio

O consórcio é uma forma de autofinanciamento coletivo. Nesta modalidade, grupos de pessoas que planejam comprar um bem – carro, imóvel, etc. – fazem um parcelamento mensal do valor. Uma administradora tomará conta dos fundos recebidos para utilizá-los em cartas de crédito. Os valores são pré-definidos e influenciam no montante das parcelas que serão pagas.

Recomenda-se este modelo de compra para quem não possui grande poder aquisitivo ou não dispõe de um valor para entradas. No caso dos menos disciplinados financeiramente, o consórcio facilita destinar um valor regular para a aquisição do carro próprio. Evidentemente, para cada vantagem há também um preço a ser pago. Confira a seguir os prós e contras de se fazer esta compra.

Vantagens e desvantagens

Prós:

  • Uma vez que o consórcio não é um empréstimo, ele está livre da cobrança de juros. Pagam-se apenas taxas administrativas fixas, quase sempre menores do que aquelas dos financiamentos. Mesmo quando há uma cobrança extra para criar o fundo de reserva que cobre inadimplentes, o custo é menor.

Contras:

  • O veículo não será retirado de imediato. É preciso ser contemplado através de sorteio mensal ou dar um lance no automóvel.
  • O consórcio não é para aqueles que não podem esperar. A razão é que a desistência aqui pode ser bastante complicada. Outro problema ligado à burocracia está no recebimento da carta de crédito. Normalmente as exigências são muito maiores do que aquelas iniciais para se entrar no grupo.

Como é o financiamento

Este é o método para compra de carros mais empregado no Brasil. É, contudo, para quem pode desembolsar uma boa quantia para os pagamentos. O financiamento é feito junto às instituições financeiras, sejam estes bancos tradicionais ou serviços próprios das montadoras. O parcelamento neste caso terá incluso as taxas de juros.

Com isso o valor do veículo tende e subir 75%, contra apenas 20% nos consórcios. Apesar disso, para quem deseja o carro com urgência, esta é a melhor opção. Desde que este comprador respeite as suas obrigações. Afinal, a inadimplência pode fazer com que o proprietário perca o veículo para a instituição credora.

Vantagens e desvantagens

Prós:

  • Uma vez que o financiamento tenha sido aprovado é possível retirar o carro
  • A quantidade longa de parcelas pode ser atrativa para muitos compradores.

Contras:

  •  Taxas de juros muitos altas
  •  Existência de taxas embutidas, como Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) e a Taxa de Abertura e Renovação de Crédito (TARC). Ambas estão entre as causas para o aumento do valor a ser pago pelo automóvel.
  •  Ter o seu financiamento aprovado não é tão fácil.

Consórcio ou Financiamento? Qual a melhor opção?

O veredicto pende muito mais em favor do consórcio. Afinal, não há cobrança de juros, e o valor das parcelas, assim como do veículo, tende a ser menor. Óbvio que se pesa a urgência de conseguir quanto antes este bem, devemos mudar a resposta. A melhor opção na hora de comprar um carro nestas circunstâncias seria o financiamento. Ainda que seja necessário desembolsar um valor maior para o pagamento.

Este artigo foi útil para determinar entre consórcio ou financiamento a opção mais adequada para o seu caso? Se você procura por mais dicas sobre a melhor forma de gerenciar investimentos, leia outro artigo do nosso blog.

Gostou disto? Curta nossa página e compartilhe este conteúdo com seus amigos.

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *