24 de março de 2017

Por que um blog sobre finanças?

Ajude o Finanças Forever a crescer ainda mais. Curta e compartilhe nossa página!



Por que você optou por falar sobre dinheiro?

Um dia desses um amigo do trabalho me perguntou o porquê de eu ter começado a escrever textos e postar em um blog de finanças. Ou seja, a pergunta seria o porquê de inaugurar um blog sobre finanças, economia e investimentos. Este meu amigo também possui um blog, então ambos somos blogueiros e o assunto de vez em quando esta na mesa do “break” para o lanche. Jean na Europa [1] é o blog deste amigo em questão.

Uma resposta rápida, simples e eficiente seria dizer que o assunto me fascina e que sou investidor, ambos verdades e reais. Mas a resposta não pode ser tão simples assim, então neste breve texto tentarei explicar o porquê este assunto me chama tanta atenção.

Como sou investidor e gosto de assuntos relacionados, preciso estar informado. Quanto mais eu leio sobre o tema, melhor condição terei de fazer boas escolhas para meus investimentos.

Por que o tema me fascina?

Primeiramente, investimentos no mercado acionário me atrai muito por uma simples razão, não ter uma única receita ou estratégia que pode dar certo. Este é o motivo que mais me impressiona. Quantos de nós investidores utilizamos estratégias diferentes e com uma rentabilidade parecida, dentro das devidas proporções.

Exemplos de estratégias:

Regra de 100 anos: imaginando que sua expectativa de vida seja 100 anos, subtraia a tua idade atual, o restante é a porcentagem que você teoricamente deverá investir em ações. Suponha que a tua idade atual seja 33 anos, então 67% (100 – 33 = 67) é o que você deverá investir em renda variável.

Regra dos 30x30x30x10: Significa, 30% em renda fixa, 30% em renda variável, 30% em Imóveis, seja FII ou imóveis de tijolo mesmo, e 10% em cambio.

Regra Meio a meio (50×50): Seria 50% em renda fixa e 50% em renda variável.


Cito somente 3 (três) exemplos. Talvez eu escreva mais sobre estratégias em um futuro post. Mas fica claro que existem diversas maneiras de você investir seu dinheiro, apenas estude e escolha a que melhor se enquadra aos seus conhecimentos. Seja um investidor consciente.

Adicionalmente, investir me faz sentir bem pois fico feliz da vida quando no fechamento do mês, atualizando minha planilha de rentabilidade de meus investimentos, posso ver que estou evoluindo. Quando não evolui, procuro observar o panorama nacional e internacional econômico. Leio mais e procuro entender o motivo pelo não crescimento do valor investido naquele mês. Tento aprender a todo instante.

Todo dia surge uma fórmula mágica [2] para investir seu dinheiro, como foi citado em um post anterior sobre a fórmula mágica de Joel Greenghatt.

Além disso, também sou apaixonado por finanças e poderia dizer que também sou apaixonado por dinheiro. O blog não faz parte de um ranking de blogs de finanças. Deixo claro que sou blogueiro e não economista. Apenas gosto de escrever sobre finanças e investimentos.

Finalmente, pelas coisas fascinantes que podemos comprar. Afinal por que trabalhamos? Para receber um montante no final de cada mês. Assim você como eu somos livres para escolher o melhor caminho ou rumo de seu suado e precioso dinheiro recebido no final do mês.
Meu querido pai sempre me dizia para gastar menos do que se ganha. Quando adolescente nunca levei isso a sério, sempre gastava mais que meu irmão, e meu dimdim nunca chegava até o final do mês. No entanto aprendi a lição e passei a gastar menos do que ganhava. Ficava os últimos dias do mês sem comprar nenhum doce se quer. Tão pouco fazia financiamentos e dívidas. Procurava comprar tudo à vista.

Meu primeiro carro comprei só aos 25 anos de idade com pagamento à vista. É impressionante hoje em dia como muitos jovens que trabalham, ao completar os 18 anos querem um carro a qualquer custo. “Se couber no orçamento, compramos” dizem por ai. As 50 parcelas de aproximadamente R$ 500,00 são números incríveis, pois podem deixar vários endividados, no entanto, bancos e financeiras felizes. Até mesmo o endividado fica feliz com um carro zero ou usado financiado na garagem.

O primeiro apartamento também compramos à vista, digo compramos, pois minha esposa participou. Na ocasião da compra, aos 24 anos, preferi um lugar para morar a um carro para se aparecer para os outros, seja quem for: amigos, parentes, ex-namoradas e por ai vai.

Os primeiros passos nos investimentos foram após isso tudo, primeiro poupança, nada de diferente, logo após, CDB, depois um segundo apartamento, aluguel entrando na conta como fluxo de caixa. A seguir mercado acionário, Tesouro Direto, colchão de segurança devidamente formado, etc…

Bom, aprendi desde logo que a vida é muito mais que ficar jogando bola em um campinho de terra.

Merecia mais estudos da minha parte, talvez eu tenha demorado um pouco para me preocupar com minhas finanças, quando só aos 25 anos consegui comprar meu primeiro carro, mas sou orgulhoso desta façanha, pois tenho todas minhas contas controladas.









Concluo então que, se o tema sobre investimento e finanças me atrai com tanto anseio, criei e escrevo em um blog sobre economia em geral. A princípio o blog seria para contar histórias de investidores e investimentos. Causos que deram certo e erros de investidores que perderam algum dinheiro no mercado de capitais, porém o assunto é muito restrito e as histórias estavam muito fictícias, sem números claros e pesquisas reais sobre as cotações dos papeis citados em cada uma delas. 

Pretendo continuar escrevendo histórias curtas sobre estes casos de acertos e erros nos mercados, mas com uma frequência menor. O foco agora é escrever sobre temas atuais desde que relacionados com economia.
O tema principal do blog Finanças Forever é economia, e isso me fascina.
Sejam todos bem vindos !!
“O hábito de administrar o dinheiro é mais importante do que a quantidade de dinheiro que você tem.” Autor T.Harv Eker.
Um forte abraço a todos e até a próxima.
visitados em 23/03/2011 às 15:38 (GMT+3)
Gostou disto? Curta nossa página e compartilhe este conteúdo com seus amigos.
5 Comentários

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *