26 de julho de 2017

Para se ter sucesso na vida financeira

Ajude o Finanças Forever a crescer ainda mais. Curta e compartilhe nossa página!

Este é o post onde explicarei, ou pelo menos tentarei te convencer de que com gasto consciente todos podemos ter uma vida melhor e digna.
Seria a sequência de posts referente aos pensamentos que comentei no post anterior.

Vida financeira de sucesso e consciente não depende de quanto você ganha mas de como você gasta.

Conheço muitos executivos que estão passando por vários tipos de apertos financeiros. Outros que estão sem renda pela perda do emprego. Isso pode ser preocupante, pois se a demora de uma recolocação no mercado de trabalho for muito grande pode começar a comprometer o patrimônio e  consequentemente deterioração da qualidade de vida de toda a família.

Se perder o emprego reduza imediatamente e drasticamente as despesas, pense na família como um todo, procure preservá-los.

Conheço um aposentado (um parente muito próximo, talvez ele até leia este artigo) que mesmo estando aposentado necessita trabalhar, talvez mais do que antes. Ao invés de estar sentado na praia, lendo um bom livro ou ainda de estar trabalhando no que gosta nos dias que o convém.

A demais eu penso que um aposentado não necessariamente precisa parar de exercer suas funções, até porque o cérebro também precisa ser mantido em constante movimento, assim como o corpo.

Os aposentados esqueceram-se de que os gastos aumentam na aposentadoria. Exemplo: passaram a consumir mais remédios, ir ao médico mais frequentemente.

E aqueles que tem renda, mas que mesmo assim apresentam apertos financeiros pelos mais diversos motivos, também é preocupante pois é necessário a busca de uma solução no curto prazo para evitar proporções maiores nos danos.

Jovens que possuem estabilidade financeira, mas que tem pressa em multiplicar o patrimônio, também pode ser preocupante.

Segue abaixo alguns conselhos e dicas sobre saúde financeira com qualidade de vida. Você pode não acreditar, mas estes tem me ajudado muito no meu dia-a-dia. Com sabedoria nos gastos.

  • Ame mais as pessoas ao seu redor que o dinheiro.
  • Gaste menos que sua renda líquida. Estabeleça claramente quanto você pode e deve gastar semanalmente, mensalmente e anual. Com controle rígido de suas contas e gastos.
  • Quite todas suas dívidas o quanto antes, porém evite paga-las com dinheiro emprestado. Quem toma dinheiro emprestado é escravo de quem empresta.
  • Evite usar cartão de crédito, pois você sempre estará pagando uma pequena taxa para a administradora dos cartões de crédito.
  • Evite os financiamentos. Financiamento é considerado uma dívida, mesmo que “caiba” em seu bolso.
  • Crie uma poupança para os momentos de apertos financeiros, e de um nome para esta poupança. Exemplo: “colchão de segurança”.


Não estamos falando deste tipo de colchão….
Após o “colchão de segurança” estar devidamente formado e administrado, invista seu dinheiro, coloque-o para trabalhar por você, faça-o render juros. Se você for aplicar em ações na bolsa de valores, procure orientação de um profissional e/ou estude sobre o assunto antes.



…e sim deste outro.



Na internet tem muita informação sobre o tema. Informações boas e ruis, selecione as que pareçam mais coerentes com a tua realidade. Leia, estude, diversifique seus conhecimentos.

Um forte abraço a todos e até a próxima.
Gostou disto? Curta nossa página e compartilhe este conteúdo com seus amigos.

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *