24 de março de 2017

Pânico nas Bolsas de Valores

Ajude o Finanças Forever a crescer ainda mais. Curta e compartilhe nossa página!
O pânico geral no mercado acionário é devido as dívidas públicas de países como: EUA, Itália e  França, assim como os casos já conhecidos e digeridos pelos investidores: Grécia e Irlanda.

“Ninguém é mais escravo do que aquele que falsamente acredita ser livre” frase de autoria do senhor Johann Wolfganf von Goethe – 1749-1832.

O que os bancos não querem que você saiba!

Mas o que está dando valor a esse dinheiro recém criado? O vídeo a seguir inicia com esta pergunta. É um vídeo encontrado no YouTube, que desconheço a autoria, o próprio que postou no canal disse que também não efetuou a legenda.

O mesmo possui 9:28 minutos, é curto e muito intuitivo a pensar que estamos em um momento complicadíssimo da economia mundial, e que talvez não haja solução. Porém todos sabemos que sim, a solução é aumentar o teto da dívida, assim como já o fez EUA. Mas dívida, mais dinheiro. O circulo continua.

No minuto cinco, o vídeo fala da aplicação de juros. Quando o governo toma dinheiro emprestado de outro país ou instituição, ou ainda, quando uma pessoa efetua um empréstimo de uma banco, ele quase sempre deve ser devolvido com juros pesados e abusivos. Assim como escrevi no texto: “Alguns ficam ricos…” (leia aqui), onde explicamos que aqueles que emprestam o dinheiro (e cobra juros para isso) ficam ricos, e o cidadão, banco ou país que toma dinheiro emprestado e paga juros para devolvê-lo ficam pobres, arruinados, literalmente mortos. [...]


Em outras palavras, quase todos os dólares que existem, um dia terão que ser devolvidos a um banco com pagamento de juros embutidos. Mas, se todo o dinheiro é emprestado do Banco Central, e expandido pelos bancos comerciais através de empréstimos, então, onde está o dinheiro para cobrir os juros? Terá que ser impresso mais dinheiro? ou cobraremos mais juros para pagarmos os juros já existentes?

Vejam que o circulo nunca fechará, o dinheiro é feito para pagar algo, que sempre estará circulando, comprando e pagando. Dívida, nesse caso é dinheiro (para os que recebem), e cada vez mais eles mesmo tomam dinheiro emprestados dos Bancos Centrais, para re-emprestá-los a seus clientes. E assim por diante.


[youtube=http://www.youtube.com/watch?v=FDHuvEzsqpU]




Um forte abraço a todos, amigos, seguidores, parceiros, cunhados etc…. Tenham um ótimo final de semana e divirtam com suas respectivas famílias, porque preocupar-se com as dívidas dos países de nada resolverá.
@everton_ric


Gostou disto? Curta nossa página e compartilhe este conteúdo com seus amigos.

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *