19 de maio de 2019

O que é RDB?

Ajude o Finanças Forever a crescer ainda mais. Curta e compartilhe nossa página!

o-que-e-rdb

Iniciar um novo investimento exige conhecimento e planejamento financeiro. É fundamental conhecer os aspectos mais relevantes de uma aplicação como rendimentos, riscos e prazos antes de aplicar o seu dinheiro. Então, vamos começar falando sobre o que é RDB para depois avaliar os riscos, vantagens e garantias desse tipo de investimento.

O que é RDB ?

RDB é um Recibo de Depósito Bancário e através deste simples recibo as pessoas emprestam dinheiro a uma instituição financeira ou banco para após determinado período receber o montante com juros e correção monetária. É considerado um investimento rentável e de baixo risco.

Para iniciar a aplicação é preciso procurar um gerente do banco e abrir uma conta investimento, sendo que os valores mínimos, percentuais de juros e prazos para o resgate variam de acordo com a instituição financeira.

Diferenças entre RBD e CDB

A diferença essencial é que o CDB é um título negociável e transferível antes da data de vencimento. Se negociado com o próprio banco, o dinheiro é liberado na data da solicitação. Enquanto isso, o RDB como simples recibo não pode ser negociado, ficando condicionado ao seu prazo mínimo para o resgate.

Rentabilidade e riscos

Por se tratar de um título de renda fixa, os rendimentos podem ser pré-fixados e assim o investidor, sabendo o percentual de juros a ser aplicado, consegue prever o rendimento até a data de vencimento da aplicação. Mas também existe o RDB com juros pós-fixados e, nesse caso, não é possível antever a rentabilidade no início do investimento, já que o rendimento do título fica indexado a algum índice como o CDI, a TR e ou o IGP.

O risco desse tipo de investimento é considerado muito baixo. Pois somente caso banco ou instituição financeira abra falência, o investidor teria o risco de não reaver o montante aplicado. Um outro fator que oferece risco são os índices aos quais os títulos com rendimentos pós-fixados estejam sujeitos. Se o índice cai, diminui também a rentabilidade do título. Por outro lado, em títulos com rendimento pré-fixado, se o índice aumenta, o investidor estaria deixando de ganhar mais.

Vantagens do investimento

Embora os prazos para resgate variem bastante de acordo com o banco, é possível investir com prazos mínimos de 30 dias, por exemplo. A mesma vantagem se aplica com relação aos valores mínimos que normalmente são a partir de mil reais. Mas esses são fatores negociáveis, já que quanto maior o prazo e o montante investido maior será também o rendimento esperado.

Durante o investimento não há taxas cobradas pelo banco. Já a tributação também varia de acordo com o prazo de aplicação, ou seja, quanto mais tempo de investimento, menor será o imposto cobrado. As alíquotas seguem a seguinte proporção:

  • Até 180 dias: 22,5%
  • De 181 a 360 dias: 20%
  • De 361 a 720 dias: 17,5%
  • Acima de 720 dias: 15%

Por fim, outra vantagem interessante dos RDBs é o fato de que mesmo que ocorra a falência do banco, o Fundo Garantidor de Créditos garante ao investidor até o limite de R$ 250 mil, reduzindo ainda mais os riscos do investimento.

Agora que você já sabe o que é RDB e já conhece suas principais vantagens, continue com a gente. Clique aqui e descubra outros investimentos de baixo risco para iniciantes.

Gostou disto? Curta nossa página e compartilhe este conteúdo com seus amigos.
Um comentário

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *