24 de julho de 2017

O que são crenças ? E qual o conceito das crenças limitadoras ?

Ajude o Finanças Forever a crescer ainda mais. Curta e compartilhe nossa página!

*Texto de Fred Graef

Crenças são sentimentos de verdade que possuímos sobre qualquer assunto.

Créditos da imagem: freedigitalphotos.net

Lhes apresento um amigo, Ferd Graef. Nós conhecemos em uma comunidade online fechada, onde somos membros ativos e onde trocamos idéias sobre finanças, empreendedorismo, coaching e psicologia da classe média e do consumo. Fred é coach e, trabalha profissionalmente para ajudar as pessoas a aprimorar suas vidas por elas mesmas. Convidei a Fred Graef para escrever alguns guest posts (textos de convidados) para serem publicados aqui no blog Finanças Forever.

Boa Leitura !!

O que são crenças? Crenças são sentimentos de verdade que possuímos sobre qualquer assunto. São as explicações e pensamentos que possuímos sobre causas e significados. Desde como funciona o universo até do que somos capazes, passando pelo que explica a nossa existência. São as teses que utilizamos para explicar as coisas.

Faça as seguintes perguntas a você mesmo:

  • O que é a felicidade?
  • O que fazer para ser feliz?
  • O que fazer para ter qualidade de vida?
  • O que explica a sua situação atual de vida?
  • Qual a receita para o sucesso?

Todas as suas respostas estarão impregnadas de suas crenças limitadoras. Aquelas que lhe prende a uma situação cômoda. Pois, sabemos que todos desejam mais e mais a cada dia.

E por que é importante conhecermos os conceitos referentes a crenças? Porque nossas crenças correspondem à base de todos os seus resultados que temos, sejam eles financeiros, de carreira, de relacionamento, de qualidade de vida, emocionais etc. O importante é manter o equilíbrio entre todas essas necessidades básicas de qualquer ser humano.

Tudo o que desejamos ser, fazer e ter e ainda não somos, não fazemos ou não temos é por causa das nossas crenças. Leia novamente a frase anterior: ela já mudou a vida de muitas pessoas. E por quê? Porque as crenças funcionam como um sistema operacional para nós. Operamos no dia a dia e não nos damos conta dos pressupostos que utilizamos em nossas ações.

Minha opinião: O equilíbrio entre todas as “áreas”, sentimentais ou não, de nossa vida é fundamental. Família unida, espiritualidade, harmonia mental, fisicamente saudável, com namorada(o) ou esposa(o), ou seja, paixão, sexo, além dos estudos… Um complementa o outro. Com tudo, equilibrar e manter, assim será mais fácil de aprimorar o que está fora do equilíbrio.

As crenças são para nós o que a água está para o peixe. Muito provavelmente o peixe não se dá conta que existe o “não água”, o “não mar / rio/ lago / lagoa / tanque / aquário”. Ele nem considera estas possibilidades. E sobre nós? Quais são os paradigmas que utilizamos? Qual é “a sua água”?

Quer um exemplo clássico? Digamos que vivamos pela crença da escassez. A partir deste pensamento, é natural pensarmos que não existem oportunidades para todos, nem recursos para todos, correto? Se acreditarmos nisso, também é natural pensarmos que precisamos competir, concorrer, lutar, batalhar … É uma sequência de pensamentos que decorre de uma premissa básica: a de um universo é regido pela escassez.

Por outro lado, quando acreditamos que o universo é abundante, o pensamento natural decorrente daí é que existem recursos e oportunidades para todos, ok? É bem provável que colaboremos bem mais, que sejamos mais contributivos, que abandonemos pensamentos do tipo “ah, para mim as oportunidades nunca surgem”. Também, podemos imaginar que nossos comportamentos a partir destes pensamentos seriam bem diferentes, concorda?

Assim sendo, a pergunta é: para os dois pensamentos acima (escassez / abundância), há alguma maneira para tirar a prova? Não, não existe prova. Também não quero entrar no mérito de qual crença é verdadeira. Existem intermináveis debates sobre o que é verdade e o que não é. E este é o ponto principal que quero conversar com vocês através desse texto: crenças não podem ser provadas.

Entretanto, crenças explicam padrões de pensamentos, sentimentos e ações. E estas ações explicam resultados. Esta também é uma crença (a de que ação explica os resultados). No entanto, uma crença é difícil de ser invalidada, certo?

Neste sentido, o que valha a pensa a gente debater é a utilidade de nossas crenças. O que isso quer dizer? Suas crenças ajudam ou prejudicam você? Em outras palavras: você prefere ter razão ou ser feliz?

Lembre-se de que o que nos separa de nossos sonhos são nossas crenças. E crenças são apenas opiniões que formamos ao longo de nossas vidas, com nossas experiências e tirocínios.

- Ok Fred, já entendi o conceito, mas o que eu faço com estas informações?

Minha dica é que você comece a identificar suas crenças. Aquelas que lhe prende aos seus limites. Se é que você possui uma demarcação de fronteira que te deixa sem ação. Elas são os fundamentos de todos os resultados que temos na vida. Depois de identificá-las, analise se elas (as crenças) são úteis a você. Elas te ajudam a atingir suas metas ou são limitantes?

Nota: Concordo com você Fred. E vou além, creio que nesse conceito ainda possa haver a auto-sabotagem. Que é quando o indivíduo “acha” que não alcançará seu objetivo. Com o medo, ele crê que será impossível. Quando na verdade temos que tentar. E para isso basta agir. Por a mão na massa. Às vezes, por causa de nossas crenças limitadoras sabotamos a nós mesmo.

Como fazer?

Liste suas metas, objetivos e sonhos. E depois pergunte a você mesmo: “por que eu ainda não cheguei lá”? As respostas serão indícios das suas crenças limitantes.

É um processo de auto conhecimento. Depois de descobrir suas crenças limitantes, trate de quebrá-las, destruí-las, reformulá-las.

Como? Voltaremos com dicas em outros artigos.

Invista neste exercício e eu garanto que sua felicidade, sua qualidade de vida e seu nível geral de satisfação aumentarão, e muito! Sua vida agradece!

Fred Graef é membro da Sociedade Brasileira de Coaching, diretor da FG Desenvolvimento Pessoal e Empresarial Ltda. Executivo comercial e líder de equipes de vendas. Palestrante e treinador nas áreas de coaching, liderança e vendas em vários bancos.
No Twitter: @coachfredgraef
Gostou disto? Curta nossa página e compartilhe este conteúdo com seus amigos.

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *