24 de julho de 2017

Momento: O pior é o melhor

Ajude o Finanças Forever a crescer ainda mais. Curta e compartilhe nossa página!

O mercado de ações nos últimos dias tem espantado potenciais investidores e assustado os menos experientes que já estão investindo nessa área. Na sexta-feira dia 04 de fevereiro de 2011 o índice da Bovespa chegou a fechar em queda de 2,24% em um único dia. Será que um investidor iniciante tem estômago para estas perdas?



De acordo, com especialistas, não é possível prever melhoras no curto prazo. E o que mais se ouve no mercado hoje é que não se sabe até onde vai o fundo do poço.

A grave queda no índice paulista esta atrelado aos últimos acontecimentos no Egito, com toda a população deste país reivindicando a queda do Presidente Hosni Mubarak a 30 anos no poder. Como a economia opera de forma global, o medo das perdas assusta também os brasileiros. Mas particularmente eu penso que esta queda é apenas uma realização de lucros.

A grande reviravolta na Bolsa pode ter o lado bom. Este não pode ser considerado só um momento de perdas. Comprar ações na baixa dos preços e esperar para vende-las quando os preços estiverem mais elevados, é a regra número 1 de quem investi em renda variável.

Para os investidores mais experientes é nesse momento de puro pessimismo que vem os grandes ganhos. “Quem já tem experiência com o mercado de ações não se espanta com as quedas. Tem muita gente que faz grandes fortunas nesses momentos”, ressalta um conhecido consultor da bolsa e sócio de uma empresa de assessoria e consultoria em investimentos na bolsa de valores e renda variável de Curitiba.

A “jogada” nesse momento é comprar papéis desvalorizados e investir a longo prazo, que corresponde a no mínimo dois anos. “Quem entende pouco, quando chega nessa hora quer sair da bolsa, mas se o objetivo é longo prazo essa é a hora de investir e ganhar dinheiro no futuro”, explica ele.

Fica claro que quando todo mundo está assustado é realmente a hora de entrar com investimentos na Bolsa. Na hora que todo mundo quer entrar é hora de sair. Por que o “negócio” pode já não ser tão bom assim.


O conselho para quem já está investindo diretamente em ações é ser disciplinado e inteligente para saber quais estratégias usar em investimentos de longo e curto prazo. Quem investe no curto prazo tem que ter sensibilidade e minimizar as perdas e quem está no longo prazo tem que comprar papeis de boas empresas e esperar.

Um forte abraço a todos e até a próxima.

@everton_ric 

Gostou disto? Curta nossa página e compartilhe este conteúdo com seus amigos.
4 Comentários

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *