24 de julho de 2017

Investindo na poupança – Mudança de paradigmas

Ajude o Finanças Forever a crescer ainda mais. Curta e compartilhe nossa página!

Acredito que a poupança é um bom começo, mas temos que mudar o paradigma.

Crédito da imagem: freedigitalphotos.net - Mudança de Paradigma - Investindo na Poupança

Olá leitores, hoje escrevo para quem possui algum dinheiro aplicado na poupança. Ou para quem ainda está esperando sobrar dinheiro para aplicar na poupança. Para esse segundo grupo quero dizer que quem vive esperando sobrar dinheiro para investir, jamais acumulará valores expressivos e nunca vai realizar seus sonhos.  Exagerei?  

Mas é verdade, não podemos negligenciar nossos investimentos, eles não podem ser feitos com sobras.

Muito bem, todo mundo sabe que deve poupar para o futuro, certo? Todo mundo sabe que a poupança rende pouco, não é? Mas na prática a realidade é bem diferente. Se tomarmos como base o número de investidores pessoa física na Bovespa, menos de 0,4% da população investe em ações. No tesouro direto esse valor cai para 0,09% da população.

Então, se você faz parte desse grupo, sabe que deve poupar, sabe que a poupança remunera pouco, quer partir para aplicações mais rentáveis, deixo aqui algumas dicas.

A poupança não é um investimento ruim. Contudo há aplicações que são um pouco mais dinâmicas que a poupança. A poupança tem uma rentabilidade fixada, 6%aa + TR. A grande vantagem é que todo ganho não precisa pagar imposto de renda. Mas podem existir coisas melhores dentro da mesma segurança. Um dos investimentos que a grande maioria gosta de usar é o tal do tesouro direto, que na minha opinião é a melhor alternativa dentro da renda fixa. Tesouro Direto é a forma do governo pegar dinheiro emprestado. A compra de títulos é feita pela internet de uma forma muito simples. Você precisa de um corretora de valores e investir quantias a partir de 200 reais.

Suponha que você aplique 1000 reais. Num intervalo de um ano, na poupança, esse valor vai render algo em torno de 75 reais. Em um título público, irá render algo em torno de 120 reais, só que desse valor tem que retirar o imposto de renda. Vai sobrar líquido 96 reais. Veja bem, na poupança temos rendimentos de 75 reais, em títulos públicos temos rendimentos de 96 reais, uma diferença de 21 reais. Olhando para esse pequeno intervalo de um ano, 21 reais parece pouco. Agora olhando isso para 10 ou 20 anos a diferença vai ficar significativa. Se você seguir uma carreira como investidor, ganhando juros compostos, você vai ver uma diferença muito grande.

O foco de seu investimento deve ser no longo prazo e a mensagem que quero deixar é que você vai fazer sucesso investindo em coisas que você entende. Se você está colocando seu dinheiro em algo que você não entende, então você está assumindo um risco adicional. Qualquer um que diz que um investimento é isento de riscos, essa afirmação não é verdadeira. Todas as coisas envolvem riscos, mas você pode mitigá-la se entender o que pode dar errado e o que pode dar certo.

Você deve analisar seu contexto antes de fazer qualquer aplicação, existem centenas de modalidades no mercado. Debêntures, Fundos Imobiliários, Fundos de Ações, Fundos de Renda Fixa, Ações, ETFs, (Clique aqui e saiba mais sobre o que é ETF), CDBs, Imóveis, Ouro, Câmbio, etc.

Para cada objetivo de vida seu deve existir uma aplicação. Aplicação esta que vai variar de acordo com o prazo e prioridade desse objetivo.

Dessa forma a principal mensagem que quero deixar é que quando você estiver à procura de dicas de investimento, busque informações. Lembre-se sempre que uma informação isolada não necessariamente é a melhor alternativa. Você deve sempre realizar sua própria diligência antes de contar com uma informação. Se a pessoa que vende investimentos (geralmente gerente de bancos) tentar te apressar a fazer tal aplicação, provavelmente ele estará tentando tirar vantagem nesse negócio. Não se envergonhe de dizer que vai estudar o funcionamento daquela aplicação oferecida e que tomará essa decisão mais tarde.

Você tem alguma dúvida específica quanto alguma aplicação? Compartilhe conosco, escreve suas dúvidas abaixo. Vc já Curtiu a página do blog Finanças Forever no facebook? http://t.co/wx6gUx9p

Um forte abraço,

Gostou disto? Curta nossa página e compartilhe este conteúdo com seus amigos.
10 Comentários

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *