25 de junho de 2019

Finanças pessoais: 5 verdades que você ainda irá aprender

Ajude o Finanças Forever a crescer ainda mais. Curta e compartilhe nossa página!

Concept for saving time and money

Quando o assunto é finanças pessoais, sempre surgem diversas dúvidas. E não é para menos, já que cuidar do seu dinheiro e fazer com que ele renda a ponto de ser possível realizar seus sonhos não é tarefa das mais fáceis. Porém, também não é impossível!

Muitos conceitos básicos para a saúde financeira você já conhece (e se ainda não conhece, já falamos disso aqui), como planejamento, organização, metas etc.

Porém, algumas dicas só são conhecidas por quem trabalha todos os dias com finanças. E são justamente esses toques que vamos deixar nesse post para você.

Fique ligado e aprenda como prosperar e fazer sua renda se multiplicar!

Analisar os pequenos gastos pode te levar a grandes montantes

Esse é um ponto essencial em qualquer tipo de investimento. Seja em uma grande empresa ou na sua vida financeira, todos os gastos precisam ser analisados e podem significar maiores ganhos.

Vamos pensar: aquele gasto com um lanche ou uma saída com amigos, pode parecer pequeno, mas se juntarmos, o volume pode aumentar sua poupança.

Se você gasta 50,00 por semana em um bar, por exemplo, o montante mensal é de 200,00. Caso você corte pela metade, economizará 100,00, que significa 1200,00 em um ano.

Esperar o final do mês para guardar é uma péssima ideia

Esse é um dos erros mais comuns da maioria das pessoas. Você paga todas as contas, sai para se divertir, compra uma roupa e assim o dinheiro vai indo embora.

O investimento deve ser considerado uma conta fixa. Pense na quantia que você pode separar para a poupança e já o faça assim que receber seu salário. Dessa forma, você não deixa de investir e aprende a se virar com menos.

É preciso ter calma na hora de escolher seu banco

Esse é um ponto importante. São muitos os fatores que influenciam nessa escolha e, é claro, que seu perfil conta muito. Você prefere ir ao banco ou fazer transações online? Sente confiança em alguma instituição? Tem referências de amigos e conhecidos?

Você pode pensar em tudo isso, mas não se esqueça de analisar as taxas. Sim… Quanto você pagará pelos serviços bancários?

Isso inclui as taxas administrativas e, também, as taxas de juros para serviços diversos. Às vezes você pensa que está pagando uma manutenção muito barata, mas o banco coloca toda a diferença nos juros de cada serviço. Fique atento!

Pagar parcelado pode ser a melhor opção

Exatamente isso! Não se assuste!

Nem sempre o pagamento à vista é a melhor opção. Tudo depende do seu orçamento, do seu controle e das taxas aplicadas para essa dívida.

Por exemplo, você tem um dinheiro para fazer a compra de um bem e a empresa te oferece um pequeno desconto no pagamento à vista (menos de 3%). Dependendo do valor, vale a pena você investir esse dinheiro, pagar parcelado e ainda receber os rendimentos.

Coloque tudo na ponta da caneta. Calcule os valores reais de desconto, de rendimento e de juros. Você pode deixar de ganhar simplesmente por não calcular.

E para terminar: você precisa de um fundo de segurança

Essa é uma premissa que muitas empresas de sucesso levam à risca. Elas sempre guardam uma quantia para utilizar em casos de emergência.

Com tantos períodos de instabilidade, você não sabe o que pode acontecer amanhã. Então, é melhor se prevenir e guardar um dinheiro que só poderá ser utilizado em casos de emergência.

Pense em formas de fazer isso, principalmente com investimentos com menor liquidez, como o Tesouro Direto. Assim, você investe e não resgata no primeiro susto.

Viu só? Com organização e coragem, você deixa suas finanças pessoais em dia e ainda faz seu dinheiro crescer.

Tem dúvidas ou sugestões? Comente no post!

Grande abraço e até a próxima.

Gostou disto? Curta nossa página e compartilhe este conteúdo com seus amigos.

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *