20 de julho de 2017

Exemplo de planejamento financeiro

Ajude o Finanças Forever a crescer ainda mais. Curta e compartilhe nossa página!

Exemplo real de um planejamento financeiro de sucesso.

Para quem trabalha doze meses ao ano, talvez seja mais fácil planejar as compras à vista, o pagamento dos impostos de início do próximo ano, compra de uma TV., reforma da casa, carro, bicicleta etc.

No meu caso, que estou atualmente estudando e trabalhando no exterior, tenho que priorizar os estudos e por isso minha renda é menor. No entanto, com um bom planejamento, da pra fazer bastante coisa. Esse é um exemplo pessoal de planejamento para a formação de uma reserva de emergência. Citarei poucos detalhes e os motivos para esse plano. Veja também o que escrevi sobre dicas básicas de controle financeiro mensal.

Meu planejamento atual é aumentar minha reserva de emergência. Guardar dinheiro no Brasil o suficiente para viagens de férias de final de ano, e depois voltar ao país natal no início do ano de 2012 para então encontrar uma recolocação no mercado de trabalho. Onde terei que ser paciente e por isso esperar os meses que fora necessário, onde meu colchão de segurança, que está sendo devidamente formado, vai atuar como fluxo de caixa e pagamento de necessidades diárias de um casal. Um excelente planejamento financeiro depende de ótimas planilhas financeiras gratuitas. Eu, particularmente, selecionei 5 planilhas financeiras gratuitas pra você baixar (é grátis!).

Essa minha reserva me permitirá melhores escolhas profissionais e pessoais, permitindo-me dar o luxo de executar as tarefas na minha área de atuação com calma e sem colocar os valores econômicos acima de seus valores pessoais.  Assim sendo, penso que o mesmo (colchão de segurança) deve ser constituído de investimentos de liquidez. Diria que nem é um investimento propriamente dito, mas sim uma maneira de protegê-lo da inflação.

A minha reserva de segurança vai estar na poupança por ser uma maneira de manter alta liquidez e na atual circunstância não me importará se está rendendo 0,5% a.m. ou 0,7%, pois necessito tê-los disponível a qualquer hora.

Para então não precisar, de nenhuma forma, fazer usos de empréstimos (consignado ou parentes), cartão de crédito ou limite do banco. A questão resume em ter plena consciência de que o momento é de disciplina, severidade e perseverança.

O tamanho de essa reserva de emergência vai de acordo com a necessidade da família. A minha é simples e humilde, possuímos atitudes de frugalidade e vivemos uma vida financeiramente menor que nossos pares similares.

O tamanho da reserva de segurança depende de cada caso específico. Em geral a sugestão dos especialistas é de que a reserva deva ser o equivalente de no mínimo 3 meses das despesas totais da família (e não somente as suas despesas). No meu caso, estou acumulando algo para 6 vezes de meus gastos gerais mensais, ou seja, seis meses. Estou “chutando” literalmente 6 meses. Espero que seja o suficiente. Veja também o que escrevi sobre dicas básicas de controle financeiro mensal.

E você, já começou a formar o seu colchão de segurança?

Opine, palpite, deixe seu testemunho!

@everton_ric

Gostou disto? Curta nossa página e compartilhe este conteúdo com seus amigos.
9 Comentários

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *