24 de julho de 2017

Entrevista com Guilherme Azevedo do Life C.O.A.C.H.

Ajude o Finanças Forever a crescer ainda mais. Curta e compartilhe nossa página!

Hoje dou continuidade na seção Blogueiros Notáveis. Entrevistando meu amigo Guilherme Azevedo, que é educador financeiro e planejador financeiro familiar credenciado pela instituição Life C.O.A.C.H. (https://www.lifefp.com.br/ ). Além de autor e responsável pelo blog GuilhermeAzevedo.com.br . Também é colaborador do blog Finanças Forever, inclusive seu artigo sobre investir na poupança está entre os mais lidos, na seção TOP 10 do blog.

Olá Guilherme, seja bem vindo a seção Blogueiros Notáveis aqui no blog Finanças Forever. Grato em conceder está entrevista. E por isso gostaria que primeiramente você fala-se um pouco sobre você mesmo: (nome, profissão, estudos, planos futuros e blogs)…

Guilherme: Olá Everton. É uma satisfação enorme participar desta seção em seu blog. Considero um avanço em minha carreira. Gostaria de agradecer a oportunidade.

Meu nome é Guilherme Azevedo Ferreira, tenho 24 anos, sou formado em Administração de Empresas pela Universidade de Brasília – UnB e trabalho como Planejador Financeiro Pessoal e Familiar.

Faço dos estudos um estilo de vida. Estou em constante aprendizado fazendo cursos, lendo livros e notícias do mercado, quase sempre voltado para a área de finanças.

Pretendo revolucionar a forma como as famílias brasileiras encaram as finanças. Com meu trabalho tenho convicção de que posso trazer mais qualidade de vida para meus clientes reposicionando-os no centro de suas vidas. olhando para o dinheiro não como um fim em si mesmo, mas como um meio para obtenção de um patamar maior de qualidade de vida.

Acredito que se as famílias passarem a gastar melhor o dinheiro, podemos proporcionar um crescimento sustentável para a economia do Brasil.

Cada ser humano deseja deixar um legado ao longo de sua existência. Meu papel é engajar na construção dessa história única e especial, caminhar a estar junto para buscar edificação. Estimular você a pensar acerca de coisas relevantes e profundas em todas as dimensões e fases de sua vida.

Everton: Quando foi seu primeiro contato com as finanças? E como surgiu o seu blog?

Guilherme: Meu primeiro contato com as finanças foi na infância quando comecei a panfletar e ganhar meu próprio dinheiro, além da mesada que meu pai oferecia. Obviamente não entendia de aplicações, juros, inflação, etc. Guardava tudo no cofrinho, mas já comecei a entender que para comprar o que queria, tinha que juntar mais moedinhas no cofrinho.

Com 19 anos de idade comecei a estagiar. Peguei o que sobrara do meu primeiro salário e comprei 3 ações da Petrobrás. Essa foi minha primeira aplicação financeira. Sabia que a poupança não rendia muito bem então fui direto para a Bolsa de Valores.

Quatro anos mais tarde criei uma lista de e-mails para trocarmos informações sobre investimentos. Foi quando um dos integrantes da lista sugeriu que eu criasse um site para postar os e-mails que enviava. Surgiu o blog: www.guilhermeazevedo.com.br

O blog ficou bastante popular entre meus amigos, que constantemente me procuravam pedindo ajuda com as finanças pessoais. Naturalmente me tornei um Planejador Financeiro.

Everton: Qual o nível de educação financeira no Brasil? Necessitamos de mais educadores, planejadores financeiros? Ou a população está mal informada por falta de interesse dela mesma?

Guilherme: A procura por educação financeira está crescendo bastante. Por um lado vemos a crescente busca por livros de finanças. Inclusive já estão entre os mais vendidos. Contudo, por outro lado temos uma pesquisa realizada pela ONU no Brasil que indica que cerca de 70% dos brasileiros formados no ensino médio jamais lerão um livro até o final ou após a graduação. Ou seja, 70% dos jovens adultos sequer lerão algum livro, muito menos um livro de finanças.

Temos muito trabalho pela frente Everton. Há sim uma falta de interesse por parte população e nós temos a responsabilidade de despertar esse interesse. Precisamos criar estratégias e técnicas para disseminar educação financeira pelo Brasil. Para isso precisamos de pessoas competentes e capacitadas. Pessoas com o genuíno interesse em ajudar.

Everton: Você concorda que as pessoas tem que ser lembradas constantemente sobre a importância de manter as finanças pessoais em dia? E qual sua opinião sobre isso, se a população pouco se importa com o tema?

Guilherme: Vivemos em um mundo que sobra muito pouco tempo para cuidar de nossa qualidade de vida e para avaliar sobre como fazer o uso inteligente do dinheiro que ganhamos. Cuidar bem das finanças pessoais é fundamental para a qualidade de vida.

Muitos têm a motivação para iniciar um plano financeiro, começam a controlar os gastos e colocar as finanças em dia. Porém geralmente não damos continuidade àquilo que começamos, temos a motivação para começar, mas nos falta o sequenciamento para então chegarmos ao hábito.

Nós planejadores criamos o hábito em você que necessita deste novo estilo de vida e depois o hábito passa a te fazer uma pessoa melhor, mais focada, mais planejada e com saudáveis hábitos.

Nosso trabalho é continuadamente te orientar a apoiar na construção de hábitos.

Lembre de quantas vezes iniciamos algum projeto, seja uma dieta, uma caminhada, uma aplicação mensal, etc. Quantos desses projetos foram concluídos? Porque normalmente não há uma continuidade?

Tenho um colega que todo começo de ano começa uma dieta, dois meses depois eu sempre faço a mesma pergunta: porque você nunca chega magrinho no carnaval? Não seria muito mais fácil se ele estivesse sendo acompanhado por um nutricionista ou um personal trainer? Então porque insistir em fazer sozinho?

Planejamento não é feito de retas, mas sim com muitas curvas. Por isso e para isso é que nos educadores financeiros estaremos sempre com o cliente com uma contínua orientação a apoio para continuidade do trabalho e para muitas vezes te reposicionar no centro de seu plano de vida. Nós é que te encorajamos a fazer o melhor possível sem se preocupar com qualquer barreira, ou sem considerar que exista alguma barreira. Incentivamos que você faça o melhor dia após dia.

Pessoas precisam de um propósito e também precisam aliar-se com outras pessoas com propósito.

Somos 100% orientados aos seus objetivos. Nosso propósito é o seu propósito. Com foco na suas metas e com o compromisso de fazer acontcer o que precisa ser feito. O nosso papel não é ser bonzinho e te dizer que tudo dará certo, mas é ser apoiador e profissional para se chegar onde deseja.

Somos treinadores. Te encorajamos para fazer despertar o campeão que existe dentro de todos nós.

Everton: Poderia você nos indicar livros sobre finanças e investimentos para iniciantes?

Guilherme: Há três pincipais que gosto bastante de indicá-los, são eles:

Sobre nossas finanças: Os segredos da mente milionária e Pai Rico, Pai Pobre.

Para refletirmos sobre nossa qualidade de vida: O monge que vendeu sua Ferrari.

Para despertar nossa mente empreendedora: A estratégia do oceano azul.

Everton: Como você faz para estar sempre informado sobre o tema?

Guilherme: Primeiro assumo que minha capacidade reside da percepção de minha incapacidade. Quer dizer que tenho muito para aprender. Desejo aprender alguma coisa nova todos os dias. Procuro me associar com pessoas que tenham grande sabedoria e maturidade. Entendo que se combinar minha habilidade de fazer com minha habilidade de aprender eu maximizo a minha habilidade de gerar resultados.

Para isso eu me disciplino a fazer as coisas que preciso fazer. Por exemplo, todo dia de manhã leio as noticias sobre economia e seus reflexos no nosso dia-a-dia. Entre as principais leituras destaco o Valor Econômico e a Folha de São Paulo.

Além disso, sempre que é lançado um livro novo sobre finanças, automaticamente o coloco na minha lista de leituras futuras.

Everton: Meu caro amigo, deixe uma mensagem para os leitores do blog Finanças Forever. Grato e um forte abraço!

Guilherme: Caros leitores, podemos progredir em nossas vidas todos os dias, mesmo que a passos pequenos. Entendo claramente que o fracasso é um evento e não é fatal, pois apenas falhamos quando desistimos. Busquemos o sucesso. E quando falo em sucesso não me refiro somente a quantidade de dinheiro ou ao total de propriedades e muito menos o carro que possui. Me refiro a sucesso como um legado, como um sentimento que crescemos em sabedoria, que nos tornamos uma pessoa melhor e que nossa vida toca a vida de alguém.

Lembre-se que o dinheiro nada mais é do que um meio para algo maior. Percebam que mais importante que a rentabilidade de uma carteira de investimentos é o retorno de se viver uma vida com propósitos.

Busque se informar e conte com nosso apoio para a sua formação e formalização de seu plano de vida.

Abraços e boa semana a todos! :-)

Leia outras entrevistas:

Gostou disto? Curta nossa página e compartilhe este conteúdo com seus amigos.
Sem comentários

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *