20 de julho de 2017

Dicas básicas de controle financeiro mensal

Ajude o Finanças Forever a crescer ainda mais. Curta e compartilhe nossa página!

Independentemente do seu nível de renda e quantas vezes você é pago, vou tentar mostrar algumas poucas dicas e boas ideias para manter um orçamento mensal.

Controle-seus-GastosA maioria das contas são consideradas despesas mensais. Manter um orçamento equilibrado vai permitir que você seja capaz de usar seu dinheiro com mais responsabilidade. Isso porquê você terá a oportunidade de ver e planejar seus gastos a partir de uma perspectiva de longo prazo. Controle financeiro mensal. Algo que também acredito que deverá acontecer se você escolher ter um controle semanal ou quinzenal.

 

Três dicas básicas:

1º – A escolha de um método.

Há uma abundância de métodos disponíveis para criar um orçamento mensal, variando de gratuitos a pagos. No entanto qualquer método que você escolher será tão bom quanto o que você está prestes a usar. Selecione um sistema que corresponda às suas preferências e estilo de vida.

Não compre um livro que ensina fazer um orçamento fantasia. Em alternativa, sugiro começar a utilizar algum sistema de controle financeiro online. Existem dezenas deles na internet, eu utilizo e recomendo o Meu Dinheiro, porém isto é algo que vai da preferência de cada um.

Desenhe ou planeje inserir páginas no calendário para ajudá-lo a lembrar as datas dos lançamentos. Você pode utilizar por exemplo, o “Calendar do Google”, no meu caso o próprio sistema de controle financeiro “Meu Dinheiro” me oferece a opção de receber notificações por email dos lançamentos escolhidos, isto já é uma mão na roda.

2º – Determine suas despesas conforme suas receitas.

Mapeie suas contas para determinar se as receitas (salários, alugueis, pensões, etc) serão suficientes para cobri-las. Anote cada pagamento de uma conta ou ticket (farmácia, mercado, açougue, lanchonete, restaurante) referente ao mês em ordem cronológica.  Inicie e realce os projetos que são necessidades. Por exemplo: aluguel, financiamento, ou transporte são necessidades. A academia ou a TV a cabo provavelmente não são prioridades, independentemente de como pode ser doloroso perde-los.

Em seguida, incluem alimentos, necessidades domésticas diversas (tais como detergentes, sabão em pó ou papel higiênico) e despesas de gás. Seja honesto com você mesmo sobre o quanto você gasta. Inclua, como estes, as despesas semanais.

3º – Conceder metas para sua receita.

E por último, anote as receitas recebidas. Quanto receberá durante o período de um mês e quando você vai recebê-las. Se houver variáveis, procure ter uma estimativa conservadora.

Você pode cobrir as suas contas e despesas básicas? Será que você tem dinheiro suficiente em sua conta bancária em qualquer momento durante um mês?  Seu salário não esta funcionando muito bem com as contas? Se você tiver problemas, é hora de cortar. Tenha um olhar duro sobre as contas que não estão em destaque. Elimine seus gastos supérfluos. Há alguma coisa que você pode permitir-se viver sem?

Tente eliminar itens até você alcançar uma meta de gastar algo em torno de menos de 90% daquilo que você ganha. Para então começar a poupar. Mostrando assim a eficiência de um bom controle financeiro mensalEm tempo:

Procure sempre certificar-se de que em suas despesas pessoais exista algo que te faça feliz e que te de prazer. Isso vai ajuda-lo a ficar em linha com seu controle financeiro e emocional, sem ficar se martirizando. Além de ajudá-lo a resistir ás tentações que você não pode pagar.

É isso ai pessoal, pratique o planejamento com simplicidade.

Gostou disto? Curta nossa página e compartilhe este conteúdo com seus amigos.
11 Comentários

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *