24 de julho de 2017

Dica de economia: economizando na mensalidade da academia

Ajude o Finanças Forever a crescer ainda mais. Curta e compartilhe nossa página!

.

Comer, beber em casa e correr na rua para economizar na mensalidade da academia.

Baixe o áudio deste texto direto em seu computador (MP3): Economizando na mensalidade da academia. 

Texto de Everton Ricardo. -Narração de Fred Schiera.

Como a maioria dos brasileiros pensam hoje em dia, o modelo de um corpo ideal teria que ser jovem, bonito, forte e ter os braços grossos. As garotas teriam que ter seios grandes, siliconados, freqüentadoras de academia, tomando vários diferentes tipos de vitaminas para poder “nutrir e moldar” os músculos e as formas desejáveis do corpo.

Algo bem diferente do que eu, particularmente penso em ser o correto. No entanto não estou aqui querendo dizer que fazer exercícios físicos é ruim ou ficar forte seja feio, apenas não concordo em passar horas a fio dentro de um barracão ou academia, e ainda ter que pagar uma mensalidade por usar este espaço para se exercitar.

Pratico esportes regularmente, sou fanático por pequenas corridas ao ar livre e também longas caminhadas.

A prática do exercício físico é o que há de melhor na vida de um ser humano, juntamente com uma adequada alimentação, estudo e lazer. Além de cuidar de minha saúde regularmente, economizo um dinheiro por fazer exercícios ao ar livre, em vez de pagar para o dono da academia por usar seus moderníssimos aparelhos.

Existem várias academias onde a esteira para correr e fazer caminhadas tem sua própria televisão, e outros inúmeros exemplos de equipamentos e máquinas modernas para se exercitar. Todo esse luxo tem um preço.

Quando temos a questão financeira em nossas mãos e pensamos diariamente em como economizar um dinheiro a mais a cada dia, acabamos por procurar novas alternativas. Por que não fazer exercícios ao ar livre e “free” (grátis) ?

Para ajudar vou citar várias maneiras e exemplos onde podemos sim economizar uma grana mensal e estarmos bem fisicamente, cuidando de nossa saúde, que é o mais importante.

São elas:

Alongamentos: tanto em casa ou ao ar livre, seja em um parque, praça ou em frente do seu prédio, o alongamento dos braços, pernas e tronco é o exercício mais simples e seguro, porém requer alguns cuidados, não exagerar com os músculos e nervos, eles podem “estranhar” os primeiros impactos. Mais uma forma de economizar e ainda pode levar os filhos e toda a família, porque alongar o corpo é indicado para qualquer idade.

Corridas ou caminhas: a melhor maneira de fazer um pouquinho de exercício físico é a caminha diária. Você pode utilizar parte de seu tempo para dar uma volta de um quarteirão qualquer e dar uma esticada nas pernas.  Assim colaborará com sua saúde e garanto que conhecerá seu bairro bem melhor do que já o conhece. Quando estou de folga, sempre ando até a padaria/confeitaria mais próxima para comprar pão, também faço um longo percurso até o supermercado onde realizo minhas compras, já que o mesmo fica à uns 900 metros de onde moramos.

Em casa: Abdominais, pular cordas, levantamento de peso, pilates etc…

Estes são só alguns dos exemplos de exercícios que podemos fazer em casa.  Com pequeno investimento, podemos comprar uma “bola gigante” para prática de pilates, ou uns pesinhos para fazermos alguns levantamentos de peso para modelar os braço, peito, bíceps, etc.

Bicicleta: a bicicleta é um dos meios de transporte mais utilizado na comunidade onde vivo atualmente. Eu tenho a minha, minha esposa tem a dela, e as utilizamos quase que diariamente. Elas são nossos meio de transporte. E digo mais, quando fura o pneu, sou eu quem as consertam, pois tenho as ferramentas em casa para a execução do trabalho e ainda me serve como terapia e inspiração para escrever este artigo.

Meditações e Yoga: ajudam a pessoa a ter um maior controle sob seu corpo além de fazê-lo entrar em contato com um estado de relaxamento. Também funciona pra tratamento da respiração e ansiedade, além da prática de uma boa postura. Com uma prática continua de Yoga você pode se beneficiar também com o aumento do equilíbrio interior e na auto-estima, maior flexibilidade e força.

Prática do Surf: para aqueles que moram nas cidades litorâneas, a prática de um esporte em águas salgadas é muito recomendado e de fácil acesso. Assim como os outros exemplos acima, não exige idade mínima e acredito ser “zen”, um pouco menos que meditações ou yoga, além de ser um ótimo anti estresses. Faz muito bem a saúde, exercita muito os músculos dos braços e aprimora o equilíbrio do corpo.

Créditos das imagems: freedigitalphotos

É isso ai pessoal, esta era a mensagem que eu queria passar hoje para vocês, sei que provavelmente esqueci-me de vários outros exemplos de exercícios que poderíamos fazer gratuitamente, com prazer e cuidando de nossa saúde, porém estes são só alguns exemplos.

A inspiração deste texto veio depois do pneu da bike da minha cunhada ter furado. Ela o trouxe até nossa casa para eu consertar-lo. Como ela já sabe das minhas aptidões, e como tenho todas as ferramentas, as vezes estas tarefas de fácil execução fazem parte do meu dia a dia.

Com o maior prazer farei o serviço, pois sei que o técnico em manutenção de bikes cobraria muito para arrumar tal pneu. Por aqui, onde eu moro, eles não arremendam  pneus, apenas colocam uma câmera nova ao custo aproximado de €12. Olha a economia!

Acredito que os amigos leitores teriam mais sugestões do que poderemos fazer para cuidarmos de nosso corpo sem pagar nada por isso. Esqueci de algum exercício físico que podemos fazer ao ar livre? Comente e recomende aos seus amigos.

Baixe o áudio deste texto gratuitamente (MP3).

Texto de Everton Ricardo. – Narração de Fred Schiera.

Abração,

@Everton_Ric

Outras dicas:

Gostou disto? Curta nossa página e compartilhe este conteúdo com seus amigos.
26 Comentários

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *