26 de julho de 2017

Desligue a televisão

Ajude o Finanças Forever a crescer ainda mais. Curta e compartilhe nossa página!

Quando escrevi um artigo resumindo minha vida financeira, sugeri que assistissem menos televisão, porém expliquei muito pouco sobre o assunto. Apenas citei a famosa canção: “Televisão” do grupo de rock nacional Titãs.

Baixe o áudio deste artigo direto em seu computador (MP3).

Texto de Everton Ricardo. – Narração de Fred Schiera.

E inspirado em um texto intitulado “Desligue a televisão” que li no livro: “Os 100 segredos das pessoas felizes”, de David Niven, PhD. Texto 22: Desligue a televisão, pág.14 em meu arquivo DOC.(todas as pesquisas citadas abaixo foram retiradas do livro).

A televisão tem o poder de nos afastar do que há de fundamental em nossas vidas: família, princípios éticos, religião e estudo (conhecimento).

Quando você vai ao supermercado, você compra alguma coisa em todas as seções? É claro que não.  Provavelmente comprará algo em alguma seção e é mais possível ainda que você tenha ido onde há algo que quer e passou direto por aquelas prateleiras que não há nada de que precise neste dia.

Mas, quando se trata da televisão, muitos de nós parecemos consumidores vorazes que não resistem a qualquer oferta. Vejam no exemplo: as segundas feiras vemos televisão, as terças feiras vemos televisão, as quartas assistimos futebol na TV, as quintas a sua série favorita… Muitas vezes assistimos televisão porque estamos viciados e não porque haja algo que realmente desejamos ver. Portanto, sugiro: desligue a televisão.

Olhe esta família antiga na frente da TV., não dialogo, nem ideias novas, apenas pensamentos (em forma de imagens) que são projetados através da tela e que nos moldam.

Quando você estiver na frente da TV., faça-se a seguinte pergunta: quero mesmo ver isso? Ou poderia estar batendo um papo com os amigos, com a família, lendo um bom livro, fazendo alguma caminhada?

Alguns psicólogos descobriram que as pessoas que mais assistem televisão diminuem a sua capacidade de conversar, prejudica o vocabulário e afeta o sentimento de felicidade. É como se a televisão roubasse nosso tempo e qualidade de vida e, nunca mais os devolvessem.

Tenho duas sugestões que passam pela minha mente agora. Primeiro seria ter a menor quantidade possível de aparelhos de TV em casa. E segundo: tire-a da sala. Ou melhor, desligue-a.

Primeiramente, eliminando a quantidade de aparelhos de TV em casa, tendo somente uma televisão, você estará economizando no dinheiro da aquisição de uma nova e terá uma economia considerável no consumo de energia elétrica. Além de ter menos opção de TV em casa e consequentemente com mais tempo livre para conversar com seus familiares e habitantes da mesma casa.

A segunda sugestão é porque normalmente ligamos a TV somente porque ela esta lá, isso é o que você costuma fazer. Tirando-a da sala estamos sem o “vício” ao alcance de nossos olhos. Faça um teste: não ligue a televisão hoje. Se não conseguir, tire-a da sala. Faça da hora da refeição um momento de troca de experiências diárias. Traça a meta de se ter uma melhora na qualidade de vida da sua família, leve esta idéia para sua casa, pergunte aos integrantes da sua residência o que eles acham de não ligar a TV hoje.

Claro que você terá que assistir televisão algum momento, porém ligue-a apenas quando houver algum programa que você realmente queira ver, escolhendo com qualidade que programação assistir. Você vai aprender a usar suas horas liberadas de forma enriquecedoras, criativas, que lhe darão muito mais prazer e felicidade do que o entorpecimento passivo que televisão acionada pelo controle remoto pode lhe oferecer.

E as pesquisas mostram que assistir televisão em excesso pode triplicar a sua ânsia consumista e cada hora diária na frente da TV reduz em cerca de 5% sua satisfação pessoal. Também pudera, se nas novelas tudo que mostra é ficção: riquinhos esbanjando dinheiro e comprando carrões, galã que tem cinco ou mais mulheres “afim” de ficar com ele, o ser humano pobre sendo injustiçado e massacrado pela vilã, o especialista em enganar aquele que é mais humilde, e assim por diante.

Iludido é aquele que pensa que a televisão traz algo de valor para nossas vidas.

Desligue a televisão.

Deixe seu recado: quantas horas de TV você assiste por semana? Opine, palpite, fale conosco!

Baixe aqui o áudio deste artigo em MP3.

Texto de Everton Ricardo. – Narração de Fred Schiera.


Fonte: Livro: Os 100 segredos das pessoas felizes, de David Niven, PhD. Texto 22: Desligue a televisão, pág.14 em meu arquivo DOC.
Link do livro na web:

  1. www.sistemabrasil.com.br/…/Os_100_Segredos_das_Pessoas_Felizes_David_Niven.doc

Gostou disto? Curta nossa página e compartilhe este conteúdo com seus amigos.
26 Comentários

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *