Como guardar dinheiro quando a família aumenta?

Como guardar dinheiro quando a família aumenta?

São raros os casais que planejam a maternidade e se você faz parte da maioria, não se preocupe, por que nunca é tarde para reorganizar seus gastos e começar a economizar.

Vou relatar um caso desses que fogem a normalidade. Há um ano ao levar minha filha para cortar o cabelo no salão, uma pessoa que também é cliente desse mesmo local disse que mudou a vida a partir do momento pensou em engravidar.

Ela relatou uma história onde disse que planejou por alguns anos a maternidade. Fez aos poucos um pé de meia, e ao mesmo tempo estava se preparando na carreira para migrar o seu trabalho para algo que pudesse estar mais junto do futuro filho.

Achei interessante e continuei a ouvir a história, onde ela relatou que não somente fez um pé de meia para bancar os primeiros anos da criança, mas também fez uma outra reserva para montar um negócio próprio.

Como guardar dinheiro quando a família aumenta?

Mas por que estou falando isso? Estou citando um caso em que a maioria dos brasileiros não se encontra, que é sobre o planejamento familiar. Não se preocupe por que eu também cometi esse erro e sou como você, pois sabia planejar a dois, mas não sabia planejar a quatro!

Ouvi muitas pessoas falarem: ah se pensar muito não fazemos nada na vida! Mas isso é uma grande utopia e a conclusão que cheguei é que tem que pensar sim. Planejar sempre.

Então, comecei a atuar, como algumas outras mães fazem, no empreendedorismo. Enquanto trabalhava tempo integral em uma empresa, fui aos poucos migrando para outras atividades que pudesse trabalhar em casa.

Quando descobri, ao colocar no papel, que tudo o que ganhava na atividade secundária, já estava igualando a atividade principal, resolvi mudar e começar a trabalhar em casa. Confesso que dá um medo, mas ao mesmo tempo a oportunidade de estar mais presente na vida dos meus filhos é algo indescritível.

Alternativas

Quando há filhos pequenos, você verá que fica difícil, quando não houve um planejamento prévio, manter o padrão de antes. Quando falo isso me refiro a: manter as viagens anuais, almoços, jantares, etc.

A primeira solução é optar por eventos mais econômicos em família, pois as demais contas aumentarão como creche ou escola, supermercado, etc. Mas para isso, recomendo que antes de qualquer coisa a necessidade da elaboração de um controle financeiro. Lá poderá ver com mais clareza, onde poderá cortar gastos.

Segundo o Educador Financeiro, Reinaldo Domingos, quando somente reorganiza os gastos familiares como planos de TV a cabo mais baratos, telefonia, etc. já consegue economizar em torno de 20-30% dos gastos.

A segunda solução é realizar uma segunda atividade em paralelo a principal. Entendo que é um pouco difícil e principalmente quando a criança ainda é muito pequena e passei por isso, mas a sugestão é que faça aos poucos. Mas para isso ocorrer tem que haver uma parceria bem legal com o casal. Por exemplo, quando um está exercendo alguma atividade, o outro está assessorando com as crianças.

Existem inúmeras formas para atuar em outra atividade em paralelo como: empreendedorismo, lecionar em alguma universidade, atuar como tradutor(a), ser tutor(a) EaD, etc. As oportunidades aumentam a cada dia e é só começar a procurar na Internet que verá algumas opções. Nesta segunda opção sempre é bom enfatizar que o autônomo deve sempre buscar diversificar nas funções, para não ficar sujeito as altas e baixas de mercado. Por exemplo, há casos de pessoas que atuam em duas funções: é tradutor e tutor EaD. Assim estará diversificando seus rendimentos.

Acima de tudo, algo que me ajudou e muito nesse processo de mudança é que sempre gostei de estudar. Quando tive filhos decidi fazer um mestrado na minha área. Termino no ano que vem, mas escolhi um que pudesse conciliar o horário de trabalho, com a família e os estudos. Percebi que isso tem me ajudado muito, mas não tem sido algo fácil, pois perdi muitas madrugadas acordada e ainda ficarei por mais algum tempo, por que estou na fase da dissertação.

Então, se não se planejou antes, procure se planejar agora. Veja o que é melhor para você e sua família com o objetivo de reorganizar suas finanças e comece o quanto antes a economizar.

Autor: Cristiane Gouget

Blog: Guarde Dinheiro

Fonte imagem: Pixabay.