24 de julho de 2017

China e o fim da mão de obra barata. #Foxconn

Ajude o Finanças Forever a crescer ainda mais. Curta e compartilhe nossa página!
Nas últimas décadas, a China tornou-se uma superpotência por causa da facilidade de investimento (estrangeiros ainda são as suas limitações) e mão de obra barata. Mas esse modelo está chegando ao fim por causa da inflação galopante que assola o país.
Essa inflação é causada pelo crescimento econômico e é normal. Todos nós brasileiros estamos vendo isso aqui no Brasil e sentindo na pele o poder da inflação, com a alta dos preços e dos juros.


Conforme temos uma vida melhor financeiramente, quando o modo, ou modelo de vida aumenta, os preços tenderão a ser iguais aos de outros países desenvolvidos. Isso sempre aconteceu e continuará acontecendo. 
O problema é que este modelo de crescimento, o paraíso da mão de obra barata, chegou ao fim. E para provar que isso é verdade, tomemos o exemplo da Foxconn, fabricante de aparelhos da Apple.
Foxconn tem visto os salários dos funcionários de sua linha de produção dobrar de 2002 a 2008. E, claro, a partir deste ano, até agora, também aumentaram. Tudo isso levou a uma decisão de fazer investimentos no Brasil, onde os salários são mais altos, mas provavelmente mais estáveis.
Em todos os países desenvolvidos acontece a mesma coisa e sempre aconteceu no passado. Em seu dia a Espanha era um destino interessante para a indústria, especialmente automóveis, devido aos baixos salários. Atualmente, não são tão elevados, porém são menos atrativos para as grandes montadoras, os baixos salários hoje estão nos países emergentes.
A chave é detectar a tendência no tempo e alterar o modelo de produção. Tudo que se está produzindo na China pode perfeitamente ser fabricado em outros países.
A presidente, Sra. Dilma, no mês de abril passado estava se gabando de ter “fechado” um acordo de investimento bilionário e trazer a fabricante de aparelhos eletrônicos para o Brasil. Já discutiram até o destino da instalação da futura fábrica.
No entanto nem os críticos souberam dizer com clareza que este mesmo “acordo” pode ter partido da própria companhia, o que fica claro que eles não estão vindo para o Brasil porque aqui é um país bonito, com clima tropical, belas garotas, futebol e arte em abundância, virão por gana de buscar uma maior margem nos lucros da empresa. Salários nas nuvens, lucro menor para o fabricante.
Inspiração para escrever este post, estava lendo esta notícia: “Em meio a inflação dos salários “Out Of Control”, “Big Apple” Fabricante chinês de fazer grandes investimentos no Brasil”.

Segue o link de inspiração para este texto: Business Insider
Um forte abraço a todos os amigos e leitores e até os próximos posts, amanhã um e-mail de uma leitora perguntando sobre imóveis e sábado, com um infográfico sobre a história da internet. Aguardem!!


Gostou disto? Curta nossa página e compartilhe este conteúdo com seus amigos.
4 Comentários

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *