19 de dezembro de 2018

Aposentadoria: planeje o mais cedo possível

Ajude o Finanças Forever a crescer ainda mais. Curta e compartilhe nossa página!

aposentadoria-planeje-o-mais-cedo-possivel

Aposentadoria é uma palavra que causa várias reações, com a expectativa de parar de trabalhar e, ao mesmo tempo, a insegurança acerca desse período distante. Um planejamento em tão longo prazo e com tantas aparentes dificuldades pode até assustar, mas não é só porque está distante que deve se pensar nele apenas no futuro. Quanto mais cedo começar a planejar, mais aproveitará seu merecido descanso com conforto. Confira aqui algumas dicas para você se preparar desde já.

Defina uma meta

Para começar, é preciso definir bem seu objetivo. Estude seu estilo de vida e suas finanças pessoais atuais, pense o que pretende fazer quando estiver aposentado, que tipo de padrão de vida quer ter, tudo para calcular o dinheiro necessário para tal. Leve em consideração também quando pretende se aposentar e os cuidados com a saúde que podem surgir, já que contratempos médicos fazem parte da vida e por isso é bom fugir de viver nos limites. Esse “extra” também serve para se precaver de flutuações monetárias maiores nesse período, a fim de se preparar para qualquer ocasião. Controle financeiro é essencial para o saúde financeira na aposentadoria.

Reserve dinheiro mensalmente

Com o plano traçado, é preciso tomar ações para torná-lo real. Se deseja ter dinheiro quando parar de trabalhar, é preciso separar uma parte do quanto ganha hoje. Não use apenas as “sobras” do salário para isso: se programe para reservar uma quantia fixa todo mês, como se fosse qualquer conta mensal obrigatória, junto das contas de água, luz, etc. Sobre a quantidade, isso pode variar coisa de 10% até 40% do salário, tudo de acordo com o que se propôs na meta. Aqui entra uma das principais vantagens de se começar cedo: com mais tempo para isso, pode dedicar um percentual menor dos ganhos sem comprometer sua gestão financeira.

Invista para render

Só pegar o dinheiro e guardar debaixo do colchão não é a medida ideal. A moeda parada perde valor com a flutuação da inflação e, se deixar isso acontecer, se encontrará com a mesma quantia numérica no final, mas não o mesmo valor. O investimento ajuda a corrigir essa alteração e ainda pode fazer a quantia subir além dela, e assim uma pequena quantia reservada pode virar um montante no final. Para isso, busque investimentos que se adéquem ao seu perfil e que proporcionem uma boa taxa de rendimento, mas que ainda seja seguro o bastante.

Fique atento ao mercado financeiro

O mercado financeiro flutua, então é bom não se desligar muito dele. Fique de olho em mudanças de valores, no seu controle de investimentos e do custo de vida. Acompanhe a evolução das suas economias e verifique de tempos em tempos se está tudo dentro do planejado. Usar um sistema de controle financeiro pode ajudar a ter tudo em mãos nessa etapa. Assim, poderá fazer correções se necessário e evitar ter uma surpresa negativa quando se aposentar.

Siga o plano

Para que você tenha resultado, é preciso ter dedicação. Não desista no meio da jornada, nem pare de separar o dinheiro ou decida gastar a poupança da aposentadoria para realizar outro sonho como comprar uma casa. Se tem outras metas de vidas, se programe igualmente para elas, paralelamente com a aposentadoria. Assim, consegue curtir o presente, enquanto já se prepara para ter um futuro confortável.

Se gostou das dicas, continue lendo outros artigos nesse blog para aprender a fazer e ver seu dinheiro render.

Gostou disto? Curta nossa página e compartilhe este conteúdo com seus amigos.

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *