26 de maio de 2018

8 dicas para controlar suas finanças pessoais

Ajude o Finanças Forever a crescer ainda mais. Curta e compartilhe nossa página!

dicas-para-controlar-suas-financas-pessoais-20170922150032.jpg

Se você já teve a oportunidade de ler algum livro ou artigo sobre educação financeira dos maiores nomes no ramo, deve ter percebido alguns detalhes que são primordiais no nosso dia a dia. É com os melhores que aprendemos e, neste caso, temos muito a conhecer. Para uma saúde financeira controlada, precisamos olhar para as dicas, mas sobretudo aplicá-las no cotidiano. Nenhuma sugestão será de grande valia se você não tiver os seguintes elementos: planejamento, disciplina e controle. Abaixo listamos 8 dicas para você controlar suas finanças pessoais.

1. Planejamento é o pontapé inicial

Não podemos pensar em ter controle sobre nossas finanças se não planejarmos como isso será feito. Por isso, no primeiro momento, tenha em mãos todos os valores, sejam recursos que entram ou dívidas. Saiba o dia que entra seu pagamento, e o período em que as contas vencem. Conheça quais são os valores líquidos que recebe e onde está pagando acima do necessário.

2. É hora de pagar todas as dívidas

Com o planejamento, chegou a hora de acabar com toda e qualquer dívida que impeça você de crescer financeiramente. Dê prioridade em quitar as que cobram juros maiores, como os bancos por exemplo, e busque sempre negociar com quem você deve. Com o tempo, eliminará todas as dívidas.

3. Tenha um controle de gastos através de uma planilha ou aplicativo

Sabendo sua condição financeira e preparado para quitar o que deve, como explicado nos itens 1 e 2, é hora de começarmos a mudança. Tenha uma planilha (algumas são gratuitas e já vem prontas), ou um aplicativo que permita anotar todos os seus gastos. Atenção: todos os gastos, sem deixar passar nenhuma bala. Isso será primordial lá na frente.

4. Tenha dinheiro para comprar e elimine o cartão de crédito

Esta dica é dupla: quando tiver interesse em algum produto, compre-o à vista. Isto porque é possível conseguir ótimos descontos. Contudo, se houver a opção de parcelar sem juros, poderá ajudar no começo. E, se tiver, elimine todos os cartões de crédito. Uma boa saúde financeira é aplicada com os recursos que temos, não aqueles que teremos que ganhar para pagar dívidas futuras – e juros exorbitantes, como os do cartão.

5. Faça investimentos

Com o controle sobre seus gastos, é hora de fazer os investimentos. Veja quais são os melhores de acordo com o seu perfil: se é necessário retirar na hora ou se dá para deixar acumulando juros por um longo tempo. Os especialistas recomendam que esta seja a primeira atitude a se fazer quando receber, antes mesmo de pagar as contas. Invista entre 10% a 25% num fundo de investimento a seu critério.

6. Tenha uma poupança de emergência

É sempre bom ter um dinheiro guardado para caso surja algum imprevisto. A poupança, por ser fácil de retirar e gerar seus juros de acordo com a inflação, pode ser uma boa medida. Tenha ao menos de três a seis vezes do seu salário neste fundo, para caso precise gastar com algum imprevisto, como consertos ou algo relacionado à saúde.

7. Escute os melhores

Há muitas pessoas com vida financeira saudável. Peça dicas a essas pessoas, leia livros e artigos que te ensinem os caminhos do sucesso e aposte em quem está lá por méritos próprios. Com algum tempo, você fará tudo automaticamente.

Com planejamento e investimentos em você, controlar as finanças pode mudar sua vida.

8. Invista no seu bem-estar

Nenhuma dica é tão importante quanto esta. Nada valerá ter controle sobre seus gastos e reserva financeira se você não puder aproveitar seu dinheiro. Por isso, com o controle dos gastos na ponta do lápis, se sobrar algum dinheiro no final do mês, vá ao cinema com as crianças, faça uma viagem com os amigos ou leve o(a) companheiro(a) para jantar. Este é o verdadeiro significado de uma vida financeira saudável.

Gostou disto? Curta nossa página e compartilhe este conteúdo com seus amigos.

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *