5 dicas para criar um e-commerce de sucesso

5 dicas para criar um e-commerce de sucesso

Criar um e-commerce está sendo um ótimo negócio em tempos de crise, isso porque o mercado de vendas online é um dos poucos que crescem nesse momento econômico difícil do Brasil. De acordo com pesquisa realizada pela E-bit/Buscapé, o setor faturou mais de R$ 41 bilhões em 2015. A expectativa é de que os bons resultados continuem em 2016 e o faturamento chegue a R$ 44 bilhões.

Com números tão animadores é natural que muitas pessoas queiram vender online. O problema é que grande parte acredita que abrir uma loja virtual é tarefa fácil, e não é bem assim. Alguns processos são necessários para que seu e-commerce funcione corretamente como: plataforma, formas de pagamento, segurança, estoque e entrega.

Se você está um pouco perdido em como começar a vender pela internet, não se preocupe! A seguir mostraremos o passo a passo para você criar um e-commerce de sucesso. Vamos lá?

Plataforma

A plataforma do seu e-commerce é onde sua loja virtual será construída. É nesse sistema que você poderá administrar sua loja e que possibilitará que seu negócio fique visível na web.

O momento da escolha da plataforma é uma das etapas mais importantes na hora de criar um e-commerce. As dúvidas surgem principalmente porque há uma grande variedade de plataformas com diferentes preços e modelos de negócio. Confira alguns pontos importantes que precisam ser analisados nesse momento:

  • Se o sistema é fácil de utilizar;

  • Se há suporte necessário e eficiente;

  • Se há possibilidade de integração com as tecnologias de meios de pagamento, banco de dados e chat online;

  • Se o sistema permite atualizações de acordo com as novidades que constantemente surgem.

Pagamento

É indispensável que você disponibilize várias formas de pagamento para seus clientes. Imagine se um cliente não possui cartão de crédito e não há opção de compra por boleto? Ou se ele quer parcelar uma compra e não há a opção de realizar o pagamento com cartão de crédito? Isso fará com que você perca vendas. Portanto, ofereça o máximo de alternativas para que o consumidor efetue as compras.

Um modo de integrar todas as formas de pagamento na sua loja virtual, é utilizando os intermediadores de pagamento. Essa alternativa é ideal para quem está começando com as vendas online, pois funciona como uma terceirização de pagamento. O contrato do lojista é apenas com o intermediador e não precisa passar por toda a burocracia com bancos e empresas de cartão de crédito.

Segurança

Os brasileiros ainda demonstram preocupação e desconfiança em relação à segurança das informações online. Investir em segurança é essencial para sua loja virtual poder crescer.

Utilize certificados de segurança, que são reconhecidos por grande parte dos consumidores online e aumentam a credibilidade e confiança da loja virtual, contribuindo para a decisão de compra.

Informe que seu e-commerce utiliza ambientes seguros nas páginas que requerem o preenchimento de dados, como páginas de cadastro de clientes e de finalização de compras.

Estoque

Muitos lojistas não possuem uma boa gestão da logística do estoque do seu negócio. No e-commerce isso pode gerar transtornos bem maiores do que em uma loja física, como, por exemplo, a venda de um produto que não tem no estoque.

Para quem está começando um e-commerce, é melhor comprar uma pequena quantidade para cada produto. Assim, você poderá analisar o que tem mais saída e precisa ser comprado com maior frequência e quantidade.

Não se esqueça de deixar na sua loja virtual apenas produtos que estão disponíveis. Algumas plataformas ou sistemas de gestão possuem ferramentas eficazes para o controle de estoque.

Entrega

Assim como os meios de pagamento, as opções para entrega também devem ser diversas. Grande parte dos carrinhos abandonados são decorrentes de consumidores que acharam o preço do frete muito alto ou o prazo de entrega longo.

Os Correios oferecem várias formas de entrega e com a diversidade de opções o cliente escolhe a forma que mais o convém.

Atente-se aos prazos e realize as entregas conforme o combinado. Lojas que atrasam as entregas causam uma péssima impressão e provavelmente o cliente não retornará para realizar mais compras.

Para você que pretende abrir seu próprio negócio online recomendamos também a leitura do artigo, 15 Dicas para criar seu negócio na internet.

Grande abraço e até a próxima.