26 de junho de 2019

5 dicas de economia para o casamento

Ajude o Finanças Forever a crescer ainda mais. Curta e compartilhe nossa página!

planejamento-financeiro-5-dicas-de-economia-para-o-casamento

Fazer um planejamento financeiro para casamento nem sempre é tão simples quanto desejamos, não é verdade? Afinal, há diversos detalhes do tema da festa, cerimonial, convidados, padrinhos, fornecedores e ansiedade de sobra para organizar tudo e fazer o momento de dizer “sim” perfeito.

Por essa razão, reunimos 5 dicas essenciais para te ajudar nessa missão e de quebra ainda facilitar o início da vida de casados. Confira!

1. Pense no estilo da cerimônia e na quantidade de convidados

Casar-se envolve muito mais do que apenas subir no altar. É preciso que você defina o espaço do evento e o estilo do casamento — já que ele pode ser na praia, campestre, tradicional ou alternativo — e decida também quantos convidados estarão presentes no grande dia.

Essa última decisão talvez seja a mais difícil, afinal muitas vezes ambos os noivos desejam convidar conhecidos, colegas de trabalho e amigos distantes, porém o custo total se torna mais dispendioso a medida que essa lista aumenta.

Por isso, é importante que os dois dialoguem e juntos cheguem ao melhor número, mesmo que a celebração fique mais intimista e reservada.

2. Elabore um planejamento financeiro para casamento

Realizado o primeiro passo, é hora de estabelecer um planejamento financeiro para o casamento. Esse é um dos momentos mais importantes, pois a partir dele você definirá seu orçamento para a festa, a melhor cotação de fornecedores e o fluxo de pagamento dos serviços contratados.

Para isso, é necessário que você e seu parceiro conversem se tanto um quanto o outro possuem quantias guardadas que possam usar, se suas famílias ajudarão financeiramente com os gastos e qual a melhor forma de ambos utilizarem parte dos seus salários para cobrirem as despesas da cerimônia.

Com a estimativa de gastos que o casal terá é possível traçar uma meta para definir daqui a quanto tempo será o dia da união de vocês, seja ela daqui a um ou dois anos, por exemplo.

3. Pesquise por fornecedores

Uma vez que definiu os detalhes e pormenores da cerimônia é hora de passar para a próxima fase: a cotação de preços e serviços de fornecedores.

Apesar de ser considerada por muitos noivos como uma etapa cansativa e trabalhosa, ela é primordial para que encontre profissionais qualificados e empresas competentes que estejam dentro do seu orçamento.

Por isso, nada de ceder ao impulso ou se deixar levar pela vontade de resolver tudo o mais rápido possível. Lembre-se que a pressa é inimiga da perfeição!

4. Evite contrair dívidas desnecessárias

Há pouco falamos da importância de montar um planejamento financeiro para casamento para que o casal possa ter uma média de gastos e assim se manter dentro do orçamento.

Contudo, é natural que durante os preparativos para a celebração aconteçam imprevistos ou até mesmo gastos supérfluos que possam levar você a ter dívidas desnecessárias. É bem provável que você receba ofertas tentadoras de produtos e serviços que nunca havia imaginado, afinal de contas este é um mercado que está sempre inovando, mas cuidado para não acabar gastando muito dinheiro com coisas que não são tão importantes.

Por isso, tenha atenção redobrada com as suas despesas e, sempre que possível, pague tudo à vista. Afinal, você não vai querer começar sua vida de casado com o lado financeiro completamente comprometido, não é verdade?

5. Invista no futuro

É preciso pensar também em estabelecer uma meta mensal para que o casal possa poupar para a nova vida a dois, ter uma renda extra e assim conseguir crescer e aumentar o padrão de vida do casal juntos

Para isso, não deixe de fazer um bom controle financeiro e também de reservar parte do seu orçamento para realizar algum tipo de investimento. Falando em controle financeiro, existem vários sites e aplicativos que podem te ajudar nisto, se você não conhece nenhum ainda, procure saber mais sobre o Meu Dinheiro.

Seguindo estas sugestões você conseguirá estabelecer um planejamento financeiro para casamento com mais facilidade e garantir que ambos os noivos tenham mais tranquilidade tanto nos meses que antecedem a cerimônia como depois, na vida a dois, sem comprometer o orçamento.

Grande abraço e felicidades!

Gostou disto? Curta nossa página e compartilhe este conteúdo com seus amigos.
Um comentário

Adicionar comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *